Clique e assine a partir de 9,90/mês

CBF doa R$ 19 milhões para futebol feminino e clubes das séries C e D

Entidade apresentou medidas para amenizar a crise financeira causada pela paralisação de campeonatos em meio à pandemia de coronavírus

Por Da Redação - Atualizado em 7 abr 2020, 10h39 - Publicado em 6 abr 2020, 18h50

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira, 6, a doação de 19 milhões de reais para o que chamou de “base da pirâmide do futebol nacional”, para ajudar a combater a crise financeira causada pela paralisação dos campeonatos durante a pandemia de coronavírus. Serão beneficiados os clubes das séries C e D do Campeonato Brasileiro e as equipes das séries A1 e A2 do Brasileirão de futebol feminino. O pagamento será realizado a partir desta terça-feira, 7

Os 140 clubes em questão receberão um auxílio financeiro direto no valor equivalente a duas vezes a folha salarial média dos atletas de cada uma dessas divisões. Em comunicado, a CBF informou que o objetivo é colaborar para que esses clubes possam cumprir seus compromissos com os jogadores e jogadoras durante o período de paralisação do futebol. A entidade também decidiu doar para cada uma das Federações Estaduais o valor de 120 000 reais.

“Vivemos um momento inédito, de crise mundial, cuja extensão e consequências ainda não podem ser calculadas. É necessário, portanto, agir com critério e responsabilidade. O nosso objetivo, com essas novas medidas, é fornecer um auxílio direto imediato. Mas, além disso, temos que seguir trabalhando para assegurar a retomada do futebol brasileiro no menor prazo possível, quando as atividades puderem ser normalizadas”, afirmou o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Os recursos de 19.120.000 reais serão destinados da seguinte forma:

Continua após a publicidade

– Para os 68 clubes da Série D, o auxílio individual será de 120 000 reais, num total de 8,16 milhões de reais.

– Para os 20 clubes da Série C, o auxílio individual será de 200 000 reais, num total de 4 milhões de reais.

– Para os 16 clubes da Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino, o auxílio individual será de 120 000 reais, somando  1.92 milhão de reais.

– Para os 36 clubes da Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino, o auxílio por clube será de 50 000 reais, somando 1,8 milhão de reais.

Continua após a publicidade

– Para as 27 federações estaduais, serão destinados 120 000 reais por entidade, num total de 3,24 milhões de reais.

Antes da doação aos clubes, a CBF já havia anunciado outras medidas de socorro: a isenção por tempo indeterminado aos clubes das taxas de registro e transferência de atletas, que deve gerar aos clubes uma economia em torno de 4 milhões de reais nos primeiros três meses de aplicação; o adiantamento de uma parcela de 600 000 reais para os clubes da Série B do Campeonato Brasileiro referentes aos direitos de TV da competição;  adiantamento de uma taxa de arbitragem no valor total de 900 000 reais.

As doações da CBF foram uma resposta à solicitação feita por clubes da Série C desde a semana passada. Sem recursos de bilheteria, programas de sócio-torcedor e outras fontes de renda, as equipes informaram a entidade que não tinham como se manter por conta própria durante a pandemia. Entre doações, isenções e adiantamentos de pagamentos, o valor destinado pela CBF aos clubes e federações chegou a 36,02 milhões de reais.

Segundo o último balanço financeiro da entidade, a CBF fechou 2019 com uma receita total de 957 milhões de reais, com superávit de 190 milhões. 

Publicidade