Clique e assine a partir de 9,90/mês

Catar mima a torcida no Morumbi, de olho em 2022

País tenta se descolar de imagem negativa que ronda sua escolha como sede da próxima Copa

Por Lucas Mello - Atualizado em 19 Jun 2019, 21h59 - Publicado em 19 Jun 2019, 18h55

A Federação do Catar promoveu uma ação de marketing em um dos setores do estádio do Morumbi para tentar atrair torcedores, antes do jogo contra a Colômbia, pela Copa América, no Morumbi. Foram distribuídos cerca de 4.000 cachecóis em 1.120 cadeiras de um dos setores, que tinham brasileiros e muitos colombianos.

Cachecóis do Catar nas cadeiras do Morumbi Lucas Mello/VEJA
Cachecóis do Catar nas cadeiras do Morumbi Lucas Mello/VEJA

Veja a tabela completa da Copa América

Nas poucas arquibancadas que não estavam vazias, cataris, colombianos e brasileiros exibiam os cachecóis e bandeiras do país convidado do torneio. O motivo do mimi: sede da Copa de 2022, o Catar tenta atrair turistas e se descolar da imagem negativa que rondou sua candidatura. Nesta semana, o ex-jogador e dirigente francês Michel Platini foi detido, acusado de corrupção envolvendo a escolha da sede da próxima Copa.

 

Publicidade