Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Catalão Piqué é insultado por torcedores em treino da Espanha

Um dia após defender o referendo de independência da Catalunha e ameaçar deixar seleção, zagueiro do Barcelona foi mal recebido pela torcida em Madri

O zagueiro Gerard Piqué, do Barcelona, se apresentou nesta segunda-feira à seleção espanhola sem se pronunciar sobre as polêmicas envolvendo o referendo pela independência da Catalunha ocorrido um dia antes. Na entrada para o primeiro treinamento do time, em Madri, o jogador catalão foi muito vaiado por cerca de 1.000 torcedores que foram ao CT de Las Rozas. “Fora, Piqué”, e “Espanha é sua nação” foram algumas das mensagens enviadas a Piqué, que um dia antes ameaçou deixar a seleção nacional. 

Um dos torcedores foi retirado pela segurança por ostentar um cartaz nada sutil: “Piqué, não quero que você se vá, quero que te expulsem. Você é vomitivo.” O marido da cantora Shakira é constantemente mal recebido na capital espanhola sobretudo por sua identificação com o Barcelona e as habituais provocações ao rival Real Madrid. O tom das críticas, no entanto, subiram após a clara defesa de Piqué ao povo catalão.

No domingo, além de votar antes da partida do Barcelona, o zagueiro chorou na zona mista do Camp Nou ao comentar sobre a violência da Guarda Civil. Ele ainda fez duras críticas ao presidente Mariano Rajoy: “Sai pelo mundo (representando a Espanha) e não sabe bem falar inglês.” Piqué, que conquistou a Copa do Mundo de 2010 e a Eurocopa de 2012 pela Espanha, não revela se é a favor ou contra à independência catalã, mas diz apoiar a democracia e o direito de voto da população.

Já concentrado com o time nesta segunda, Piqué postou diversas mensagem sobre o conflito político em seu perfil no Twitter, a maioria criticando a polícia espanhola. “Atuaram com profissionalismo e de forma proporcional”, escreveu de maneira irônica o jogador, reproduzindo declaração de Soraya Sáenz de Santamaría, vice-presidente do Governo espanhol. A mensagem trazia retweet de imagem de policiais atirando com balas de borracha contra a população na Catalunha.

Vinte e três minutos após entrarem para o treinamento, os jogadores espanhóis deixaram o campo do CT, novamente sob vaias, especialmente direcionadas a Gerard Piqué. Líder do Grupo G das Eliminatórias Europeias para a Copa de 2018, a Espanha enfrenta Albânia e Liechtenstein nas última rodadas.

(com EFE)