Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caso Sala: destroços de avião são encontrados em praia da França

Bancos podem ser da aeronave pilotada por David Ibbotson e que levava o jogador argentino

Um guarda civil localizou nesta quarta-feira, 30, duas poltronas de avião na praia de Surtainville, ao noroeste da França. As autoridades estudam a possibilidade de que os destroços sejam da aeronave desaparecida que levava o jogador Emiliano Sala para Cardiff, no País de Gales. A praia fica próxima à ilha britânica de Guernesey, onde, no primeiro momento, foram centradas as buscas.

O Escritório de Investigação e Análise da França, que comanda as buscas no país, enviou toda a informação sobre o achado para o Departamento de Investigação de Acidentes Aéreos do Reino Unido (AAIB), que já anunciou a realização de buscas submarinas a partir da próxima semana, se houver melhora nas condições climáticas. Um navio especializado em rastreamento no fundo do mar, equipado com um sonar, começará a atuar nas buscas, segundo a AAIB. A expectativa é que o trabalho na região dure três dias.

O pequeno avião em que viajavam o atleta argentino e o piloto David Ibbotson desapareceu no último dia 21, enquanto sobrevoava o Canal da Mancha. A aeronave ia de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales, onde o argentino assinaria contrato com o Cardiff City, seu novo clube. As buscas foram suspensas na semana passada, depois de dias sem nenhum rastro.

Sala deixou a Argentina muito jovem para reforçar a base do Bordeaux. Após ser promovido ao time principal, passou a ser emprestado para times menores, até se transferir para o Nantes, em 2015. O atacante de 28 anos foi vendido do Nantes para o Cardiff, do País de Gales, na maior negociação da história do time que disputa a primeira divisão inglesa: 15 milhões de libras (cerca de 73 milhões de reais).