Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carrasco de Messi, Alisson diz que elenco brasileiro “também tem craques”

O camisa 1 da seleção minimizou o bom retrospecto contra o camisa 10 argentino, preferindo valorizar ambas as equipes que se enfrentam nesta semifinal

BELO HORIZONTE – Na véspera do clássico diante da Argentina, pela semifinal da Copa América, a seleção brasileira escalou para a entrevista desta segunda-feira, 1º, o jogador que traz as piores recordações ao craque rival Lionel Messi: o goleiro Alisson Becker, protagonista das vitórias de Roma e Liverpool que eliminaram o Barcelona das últimas Ligas dos Campeões.

O camisa 1, no entanto, evitou personalizar o duelo. “Claro que o Messi chama mais a atenção, mas temos de estar focados no que vamos fazer para neutralizar toda a seleção argentina, que dispensa comentários, com outros atletas como Agüero e outros jogadores”, disse, em tom político. Diante da insistência dos jornalistas, detalhou as vitórias diante do craque e ressaltou o jogo coletivo.

“Não existe lógica, há jogos em que um jogador faz a difrença, como o Messi na primeira partida contra o Liverpool, no Camp Nou. No segundo, o nosso aspecto coletivo prevaleceu. Num Brasil x Argentina, o histórico fica de fora, o que conta e a convicção no trabalho. Eu prefiro focar no coletivo, isso pode dar mais resultado, e dentro desse coletivo, nós também temos individualidades, craques de muita qualidade e que podem fazer a diferença.”

O técnico Tite fez elogios mais diretos a Messi, mas também preferiu exaltar seus próprios comandados. “Não se anula Messi. Pode-se diminuir suas ações, mas não há como neutralizar jogadores deste tipo. Assim como não se neutraliza Coutinho, Firmino, Willian, Neres… em algum momento, jogadores como estes vão sobressair.”

Messi, que ainda não brilhou nesta edição do torneio, tem um retrospecto negativo diante da seleção brasileira. Os eternos rivais se enfrentam às 21h30 de terça-feira, 2, no Mineirão. Quem passar enfrentará o vencedor de Peru e Chile, que jogam na quarta-feira, 3, em Porto Alegre.