Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Campeonato Mineiro: Flávio Caça-Rato ‘rouba’ gol de companheiro

Jajá disse ter ficado em dúvida e não completou para o gol, deixando para Caça-Rato concluir

O atacante Flávio Caça-Rato fez história no Nordeste do país, defendendo o Santa Cruz. Por lá, conquistou dois Campeonatos Pernambucanos e uma série C do Campeonato Brasileiro, além de marcar o gol do título do Pernambucano de 2013, do título da série C do mesmo ano e o gol que deu o acesso ao clube na série B de 2014. Dessa vez, no entanto, o atacante fez história por outro motivo.

Defendendo o Tupi, de Juiz de Fora, pelo Campeonato Mineiro, o atacante marcou o gol do clube no empate em 1 x 1 com o América-MG, após demora e indecisão de seu companheiro. Jajá chegou a driblar o goleiro e parar a bola na linha do gol. Ficou de costas para o lance e demorou a concluir. Caça-Rato chegou e de bico colocou a bola no fundo da rede.

Jajá explicou o motivo da demora e ainda agradeceu o companheiro. “Gostaria de pedir desculpas aos jogadores e à torcida do América. Eu driblei rápido, virei de costas e parei. Todo mundo achou que eu queria dar de calcanhar. O jogador do América disse que eu estava impedido. Aí o Caça-Rato veio e disse: ‘Não tá impedido não, faz o gol’. O lance é muito rápido, tem que pensar rápido. Se eu estivesse impedido e fizesse o gol, iria tomar cartão amarelo. Graças a Deus, ele estava ali e fez o gol”, disse Jajá em entrevista logo após a partida.

Veja abaixo o lance: