Clique e assine a partir de 8,90/mês

Buffon elege seu melhor adversário: ‘Ronaldo, o brasileiro’

Goleiro italiano disse que o Fenômeno era "protótipo do jogador perfeito"

Por Da redação - 4 set 2017, 16h22

Em seus mais de 20 anos de carreira, Gianluigi Buffon enfrentou craques do porte de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo – jamais levou um gol do argentino do Barcelona e se tornou vítima frequente do português do Real Madrid. O veterano goleiro italiano, no entanto, não teve dúvidas ao apontar o melhor atacante que já viu: Ronaldo, o Fenômeno.

“Quem mais me causou problemas foi Ronaldo, o brasileiro. Era o protótipo do jogador perfeito: tinha potência, velocidade, intuição, técnica, rapidez, era um jogador que te deixava de boca aberta. Parecia criado em um laboratório. Não podia acreditar que um ser humano tivesse tantos dons”, afirmou Buffon em entrevista publicada pelo diário espanhol Marca nesta segunda-feira.

Em sua última temporada como profissional (pretende se aposentar aos 40 anos após a Copa do Mundo de 2018 na Rússia), Buffon diz não temer a chegada de”uma vida sem futebol”. “Não tenho medo porque amo a vida, não posso ter medo de fechar um parênteses. Devo muito ao futebol por ter me permitido viver emoções incríveis e penso que esse é o único valor inestimável que a profissão te dá: sentir determinadas vibrações em certas partidas e estádios.”

Buffon não cogita virar treinador porque “é um trabalho muito complicado e estressante” e brincou sobre como será seu primeiro dia de aposentado após a Copa da Rússia. “Não sei. O bom é que será verão (na Europa), ideal para tirar férias.” Considerado um dos maiores goleiros de todos os tempos, ele defendeu o Parma (1995 a 2001), antes de chegar à Juventus. Pela seleção italiana, conquistou a Copa do Mundo de 2006.

O goleiro da seleção italiana Gianluigi Buffon durante a Copa do Mundo de 2006
Gianluigi Buffon durante a Copa do Mundo de 2006 Ben Radford/Getty Images
Continua após a publicidade
Publicidade