Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bruno Henrique desiste da China e estende contrato com Palmeiras

Capitão da equipe tinha proposta do Tianjin Teda, mas renovou até 2023

O Palmeiras definiu na tarde desta sexta-feira, 1, a permanência do meio-campista Bruno Henrique. Apesar do interesse do Tianjin Teda, da China, o jogador e seus empresários se reuniram com a diretoria do clube e concordaram com uma proposta de renovação de contrato. Em vez de o vínculo terminar em junho de 2020, como era anteriormente, será válido até 2023.

Capitão do Palmeiras na campanha do título brasileiro do ano passado, Bruno Henrique recebeu o contato do time chinês semanas atrás. O Tianjin Teda se mostrou disposto a pagar a multa rescisória, de 25 milhões de reais, e ofereceu ao volante um salário equivalente a 1,7 milhão de reais. A proposta balançou o jogador, mas pesou sua vontade de permanecer no Brasil.

“O Palmeiras me abriu as portas em 2017, me acolheu super bem, sempre me deu o melhor para trabalhar. Me sinto muito em casa aqui e, por isso, optei por renovar. O projeto do clube é grandioso e quero fazer parte. Erguer a taça do Brasileirão ano passado foi algo indescritível e quero repetir isso muitas outras vezes”, disse Bruno Henrique ao site oficial do Palmeiras.

Bruno Henrique chegou ao Palmeiras em junho de 2017, vindo do Palermo, da Itália. No ano passado, se destacou na campanha do título brasileiro e começou a receber sondagens. A própria diretoria admitia que teria dificuldades em segurar o atleta e estava preparada em tentar convencê-lo a ficar, ao apresentar um novo contrato e um plano de carreira.

O clube adotou com o jogador o mesmo modelo de negociação oferecido ao ídolo Dudu. O atacante também tinha uma proposta da China, porém se reuniu com o clube nas últimas semanas e concordou com a proposta de renovação de contrato. Com a continuidade de Bruno Henrique, o Palmeiras mantém a postura de segurar os atletas do elenco campeão brasileiro do ano passado.

O Palmeiras anunciou a renovação nas redes sociais com um emoji em referência à nova vitória obtida sobre o mercado chinês. Com a continuidade no clube assegurada, Bruno Henrique estará à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari para o clássico com o Corinthians, neste sábado, pelo Campeonato Paulista.