Clique e assine com até 92% de desconto

Brasileiros na Europa: Marcelo brilha e Robinho estreia mal

Neymar também se destacou na rodada, enquanto Coutinho teve uma estreia ruim no Campeonato Espanhol

Por Da redação Atualizado em 29 jan 2018, 11h38 - Publicado em 29 jan 2018, 11h37

A rodada dos brasileiros na Europa teve altos e baixos. Foi ruim para os estreantes, especialmente para Robinho, derrotado em seu primeiro jogo na Turquia. Na outra ponta, Neymar e Marcelo foram destaques nas goleadas de PSG e Real Madrid. Veja como foram os jogadores do país no fim de semana.

Em alta

Marcelo – O lateral-esquerdo da seleção brasileira participou da jogada que originou o primeiro pênalti para o Real Madrid e marcou o terceiro gol na goleada de 4 a 1 diante do Valencia.

Naldo – O zagueiro com passagem pela seleção marcou o primeiro gol da vitória de 2 a 0 do Schalke 04 contra o Stuttgart, de cabeça. Na mesma partida, transformou-se no jogador brasileiro com mais partidas no Campeonato Alemão, com 337, uma a mais que o recém-aposentado Zé Roberto.

Neymar – Voltou de lesão contra o Montpellier e marcou dois gols na vitória por 4 a 0 do PSG. Fez o segundo gol da equipe, de pênalti, e também o último, com assistência de Edinson Cavani. O jogador ainda fez as pazes com a torcida, ao ter seu nome gritado durante a cobrança do pênalti.

Wendell – O jovem lateral marcou de pênalti o segundo gol do Bayer Leverkusen na vitória de 2 a 0 sobre o Mainz 05.

Malcom – Fez de pênalti o segundo gol do Bordeaux na vitória de 3 a 1 sobre o Lyon. Mas o pênalti foi simulado por ele próprio e não existiu.

Fabinho – Jogando de volante, marcou o gol de empate no 2 a 2 do Monaco contra o Olympique de Marselha. Foi um belo gol, driblando três jogadores do adversário, invadindo a área e tocando na saída do goleiro.

Alisson – O goleiro titular da seleção brasileira foi protagonista de novo, apesar da derrota da Roma de 1 a 0 para a Sampdoria. Foram nove defesas durante o jogo.

  • Na média

    Casemiro – Apesar da goleada do Real Madrid de 4 a 1 sobre o Valencia, se destacou por um lance cômico, ao cair duas vezes em lance perigoso criado por Kondogbia.

    Continua após a publicidade

    Willian José – Voltou a marcar pela Real Sociedad, mas foi tarde. Sua equipe já perdia por 4 a 1 do Villarreal.

    Thiago Silva e Marquinhos – Apesar do PSG não ter sofrido gols contra o Montpellier, o zagueiro se deu mal com uma lesão na coxa, não voltando após o intervalo da partida. Foi substituído por Marquinhos, que iniciou na reserva e seguiu os passos do titular: não sofreu gols.

    Roberto Firmino – Marcou um golaço, mas perdeu um pênalti e o Liverpool foi eliminado pelo West Bromwich na Copa da Inglaterra com derrota por 3 a 2.

    Douglas Costa – Com boa movimentação e participação nas jogadas, foi importante na vitória de 2 a 0 da Juventus sobre o Chievo Verona.

    Paulinho – Foi muito participativo no meio campo do Barça na vitória de 2 a 1 sobre o Alavés, mas dessa vez não deixou seu gol.

    Miranda – Fazia uma partida de destaque contra o Spal, mas foi prejudicado por sofrer um gol no fim do jogo do empate em 1 a 1 da Inter de Milão.

    Em baixa

    Robinho – Jogou apenas os 16 minutos finais da derrota do Sivasspor para o Yeni Malatyaspor por 1 a 0. O atacante entrou três minutos antes do gol do pênalti do adversário.

    Neto – Goleiro brasileiro com passagem pela Juventus e muitas vezes cotado na seleção brasileira, sofreu quatro gols do Real Madrid na goleada de 4 a 1 contra o Valencia. Ainda sofreu um gol por debaixo das pernas de Marcelo.

    Philippe Coutinho – Teve uma estreia no Campeonato Espanhol abaixo do esperado. Enquanto esteve em campo, o Barcelona perdia do Alavés por 1 a 0. Logo após sua saída, a equipe catalã virou para 2 a 1.

    Rafinha – Estreou pela Inter de Milão entrando apenas nos acréscimos do empate em 1 a 1 contra o Spal, pelo Campeonato Italiano.

    Continua após a publicidade
    Publicidade