Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro nunca teve tantos estrangeiros como em 2016

66 'gringos' já entraram em campo no torneio deste ano

O Blog Futebol em Números, do jornalista Rodolfo Rodrigues trouxe um número interessante neste começo de semana. Com a estreia do zagueiro Kannemann, o torneio passou a ter 66 jogadores estrangeiros jogando, superando a marca de 2014, que teve 65.

Os recorde só poderia ser batido nos últimos tempos, quando foi permitido aos clubes que levassem até cinco estrangeiros por jogo, aumentando em relação à antiga regra, que permitia até três.

A mudança veio em 2014 e, logo ali, o recorde foi batido, com 64 estrangeiros disputando o Campeonato Brasileiro. 

Neste ano, oito equipes tem cinco estrangeiros no elenco (Atlético-MG, Botafogo, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Santos, São Paulo e Sport). Nada impede que os clubes tenham mais jogadores, mas só podem levar cinco aos jogos. Internacional e Palmeiras têm três cada. Atlético-PR, Corinthians, Figueirense, Fluminense, Grêmio, Santa Cruz e Vitória têm dois, enquanto América-MG e Chapecoense têm um cada. Apenas a Ponte Preta não tem estrangeiros em seu elenco.

De 2003, primeiro torneio Brasileiro por pontos corridos, o aumento de estrangeiros foi de 372%, indo de 14 naquele ano, com 24 clubes, para 66 neste ano, com 20.

Os argentinos são maioria neste ano, com 25 jogadores entrando em campo. Os colombianos vêm em segundo, com 12 jogadores cada.

Número de estrangeiros que entraram em campo no Brasileirão desde 2003:

2003 14
2004 23
2005 27
2006 38
2007 34
2008 47
2009 48
2010 45
2011 40
2012 48
2013 56
2014 65
2015 60
2016 66