Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro do Al Ain é eleito segundo melhor jogador do Mundial

Caio Lucas, formado na base do São Paulo, marcou na semifinal contra o River Plate e deu trabalho à defesa do campeão Real Madrid na decisão

O brasileiro Caio Lucas Fernandes, destaque do Al Ain na campanha do vice-campeonato do Mundial de Clubes, foi eleito o segundo melhor jogador do torneio de 2018, perdendo apenas para o atacante galês Gareth Bale, do campeão Real Madrid, que foi um dos artilheiros do torneio com três gols – ao lado de Rafael Borré, do River Plate, que completou o pódio dos destaques do torneio.

Atacante veloz e habilidoso, o paulistano Caio nunca jogou uma partida oficial no Brasil. Foi revelado pelo São Paulo na mesma geração de nomes importantes como Lucas Moura, Casemiro e o zagueiro Rodrigo Caio, mas não teve chances de subir à equipe profissional. Ele ainda realizou testes em outros clubes do país, porém foi recusado.

Em 2011, a vida do então garoto de 17 anos sofreu uma reviravolta. Caio Lucas recebeu um convite para estudar e realizar testes de futebol em clubes do Japão. Alguns anos depois de ter se mudado para o país asiático, finalmente conseguiu um contrato com uma equipe profissional, justamente com o clube mais vencedor do país e que foi eliminado pelo Real Madrid na semifinal desse Mundial: o Kashima Antlers, que tem Zico como seu maior ídolo.

Caio na decisão contra o Real Madrid (Andrew Boyers/Reuters)

O brasileiro rapidamente começou a se destacar no futebol japonês e somou 27 gols em 100 jogos pelo Kashima. Caio, inclusive, chegou a cogitar uma naturalização para atuar pela seleção japonesa. A ideia, porém, foi descartada em 2016, quando ele se transferiu para o Al Ain, dos Emirados Árabes, que pagou cerca de 3 milhões de euros (cerca de 13 milhões de reais, na cotação atual) para tê-lo por quatro temporadas.

Aos 24 anos, Caio teve uma adaptação rápida e já marcou 45 gols pela equipe, um deles na semifinal desse Mundial, contra o River Plate. Com a atuação de destaque no Mundial, o jogador deve receber propostas para a temporada de 2019.

Prêmio de melhor jogador Mundial de Clubes:

Bola de Ouro: Gareth Bale (Real Madrid)
Bola de Prata: Caio (Al Ain)
Bola de Bronze: Borré (River Plate)