Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileirão: STJD devolve ao Palmeiras pontos de jogo contra o Botafogo

Juízes votaram em favor da equipe alviverde por não acreditarem em 'erro de direito'

O pleno do STJD devolveu ao Palmeiras, nesta terça-feira, 18, por 9 votos a 0, os três pontos impugnados no dia 28 de maio pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), relacionado aos pontos conquistados na vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo do em 25 de maio, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro.

O pedido de impugnação do Botafogo se deu por queixa da utilização errada do protocolo do VAR. O clube não questionava a marcação do pênalti com o auxílio da tecnologia, mas sim que o árbitro de vídeo foi utilizado após a reinicialização da partida.

Tabela completa de classificação do Brasileirão 2019

Durante a sessão do pleno do STJD, foram divulgados os vídeos consultados pelos árbitros de vídeo, além das conversas entre eles e o árbitro da partida, Paulo Roberto Alves Junior. Botafogo e Palmeiras apresentaram suas versões e o árbitro se defendeu, afirmando que não havia apitado o reinício da partida, apesar de sua movimentação em campo.

O procurador Leonardo Andreotti, relator do caso, fez sua defesa contra a anulação da partida e foi acompanhado por todos os sete auditores, o vice-presidente administrativo do STJD, Ronaldo Piacente, e o presidente Paulo Salomão. Todos admitiram que pode ter havido um erro no protocolo, mas não um “erro de direito”, que poderia causar a anulação da partida.

Com isso, o Palmeiras a segue líder do Campeonato Brasileiro, mas agora com 25 pontos, cinco à frente do segundo colocado, o Santos. O próximo jogo da equipe é no dia 13 de julho, às 19 horas (de Brasília), no Morumbi, contra o São Paulo.