Clique e assine a partir de 8,90/mês

Brasileirão: Rodrigo é suspenso por empurrão em seu ex-técnico

Tribunal descaracterizou ato como agressão, mas aplicou uma pena com caráter pedagógico

Por Da redação - 18 ago 2017, 17h34

O zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta, foi punido na tarde desta sexta-feira pelo STJD e pegou uma partida de suspensão por ter empurrado seu ex-técnico no Vasco, Milton Mendes, após o empate em 0 a 0 no último dia 6, em Campinas.

Ao término do jogo, Rodrigo conversava com dois ex-colegas de Vasco quando Milton Mendes, responsável por sua saída do clube carioca, entrou na conversa, se desentendeu com o zagueiro e acabou empurrado três vezes, sendo um pelas costas. Apesar do ato não ter sido presenciado pelos árbitro, ele foi lançado na súmula e o zagueiro acabou denunciado.

“A partida foi 0 a 0 e uma das melhores partidas que fiz na Ponte. Estava conversando com ex-companheiros meus, quando na hora em que estava me despedindo e acabando de dar um abraço no Jean recebi um puxão forte no pescoço. Me assustei um pouco e falei: ‘tira a mão de mim’, dando o primeiro empurrão. Ele se afastou e começou a falar: ‘eu que tirei você do Vasco, você é sem vergonha e mau caráter’. Jamais pensei em agredir alguém. Novamente ele começou a me xingar e eu revidei: ‘fala de novo’, e o empurrei”, afirmou Rodrigo no julgamento.

Os auditores não entenderam que houve agressão e aplicaram a pena de uma partida de suspensão como caráter pedagógico.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade