Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileirão: Palmeiras empata, e Corinthians comemora

Com 54 pontos, Palmeiras fica a cinco do líder Corinthians, rival da próxima rodada

Na noite desta segunda-feira, Palmeiras e Cruzeiro jogaram uma partida fundamental para o Campeonato Brasileiro de 2017. Uma vitória palmeirense deixaria o Palmeiras a apenas três pontos do líder Corinthians. No entanto, o empate por 2 a 2 pode ser comemorado pelos corintianos, que ainda têm cinco pontos de vantagem na liderança.

Logo com cinco minutos de jogo, com um Palmeiras nervoso, o Cruzeiro chegou ao gol em falha da defesa. Após cruzamento da esquerda, Juninho pegou errado na bola e acabou marcando contra, sem chances para o goleiro Fernando Prass. O Palmeiras pressionava enquanto a equipe mineira jogava no contra-ataque.

Aos 34, Egídio recebeu na esquerda e cruzou rasteiro, Dudu desviou de calcanhar obrigando Fábio a fazer grande defesa. Na sobra, Borja empatou. O colombiano voltou a marcar, dessa vez de cabeça, aos 39, mas o árbitro Héber Roberto Lopes marcou falta do atacante no zagueiro Manoel.

Como no primeiro, o segundo tempo começou com um Cruzeiro mais arisco, mas o Palmeiras logo tomou conta do jogo e passou a criar as melhores chances, enquanto o adversário assustava em contra-ataques. E foi assim que, aos 19 minutos, Robinho marcou contra seu ex-time, após receber na frente e tocar por cima, na saída de Fernando Prass.

A partir daí, o time da casa tentava chegar na bola aérea, enquanto os mineiros se defendiam. O goleiro Fábio fez grandes defesas, mas não evitou o empate palmeirense, aos 40. Dudu cruzou da direita e Borja, novamente, finalizou sem marcação.

Com o resultado, o Palmeiras chega a 54 pontos, cinco atrás do Corinthians. Já o Cruzeiro vai a 48, na quinta colocação. Na próxima rodada, Corinthians e Palmeiras se enfrentam em Itaquera, em jogo que pode fazer a diferença cair para dois pontos.

VEJA A TABELA E CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José Osvaldo Darcie

    mais uma vez, o apito amigo. Gol legítimo de Borja, e penalt não marcado no Kennu. Aliás, não sei por que insistem nos árbitros de linha de fundo. Só ganham e não ajudam em nada.

    Curtir

  2. Silvio Borelli

    Erros de arbitragem acontecem e fazem parte do esporte. O Jo sofreu pênalti claro contra o Botafogo e o juiz não deu. O mesmo jogador fez um gol usando o braço e também não foi anotado pela arbitragem. São apenas 2 exemplos mais recentes para justificar que os erros acontecem para prejuízo ou benefício de todos os times. Qualquer coisa fora disso é choradeira de perdedor. A reportagem alega que no próximo domingo a diferença pode cair para 2 pontos. Pode mas pode também subir para 8. Sent 1

    Curtir