Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasileirão: Palmeiras de Valentim vence a 3ª seguida

Com a vitória sobre o Grêmio, concorrente direto na parte de cima da tabela, o time da capital paulista chega à vice-liderança da competição nacional

Por Da redação - 22 out 2017, 19h58

O Palmeiras de Alberto Valentim segue impecável. Em seu terceiro jogo no comando do Verdão, o treinador interino conquistou o terceiro triunfo, venceu o Grêmio por 3 a 1 em Porto Alegre, e chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, o Palmeiras está a apenas seis pontos do líder Corinthians, que ainda joga na rodada, na noite desta segunda-feira.

Com Keno, o Palmeiras teve a primeira boa oportunidade de gol, aos 15 minutos, quando Bruno Henrique ajeitou de calcanhar para o atacante, que bateu de canhota, mas a bola foi desviada para escanteio. Nove depois, Borja invadiu a área e, sem ângulo, tocou na saída de Paulo Victor, mas Léo Moura afastou de novo. O Palmeiras passou a dominar completamente a partida, com Keno e Borja sendo os destaques, mas o confronto ainda tinha muita marcação e pouca inspiração das equipes. Assim, as jogadas ofensivas se limitavam aos dribladores dos dois times.

Na volta do intervalo, logo aos três minutos, Dudu arriscou de fora da área, a bola desviou em Marcelo Oliveira, mudou sua trajetória e entrou no canto direito de Paulo Victor, que não pôde evitar o primeiro gol do Palmeiras. Poucos minutos depois, Dudu roubou a bola ainda no campo de defesa e avançou pela esquerda com Borja. Próximo à área, o camisa 7 rolou para o centroavante, que acertou bom chute. Paulo Victor espalmou e Moisés pegou a sobra, acertando o travessão antes de ampliar a vantagem.

Com a tranquilidade que tocava no meio-campo, o Palmeiras chegou ao terceiro gol. Em boa triangulação do ataque, Mayke recebeu pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Dudu, que, sozinho, fez seu segundo gol e o terceiro da equipe paulista. Por fim, o Grêmio ainda descontou. Com 33 minutos, Luan cobrou falta na área, Raphael Veiga errou no domínio e Michel girou para diminuir a vantagem.

 

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade