Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bayern e Barcelona são últimos classificados às quartas

Bayern só se classificou após a prorrogação

Por Redação PLACAR - Atualizado em 8 mar 2017, 15h10 - Publicado em 16 mar 2016, 19h17

Bayern de Munique e Barcelona garantiram vaga na fase quartas e final da Liga dos Campeões. Jogando em Munique, o Bayern saiu atrás (0 x 2), empatou no fim da segunda etapa e garantiu a vaga ao vencer na prorrogação, com 4 x 2 nos 120 minutos. Já o Barcelona, de forma mais fácil, venceu o Arsenal no Camp Nou por 3 x 1, após ter vencido na Inglaterra por 2 x 0.

Com cinco minutos, a surpresa apareceu em Munique. Lichtsteiner recebeu lançamento na direita, aproveitou confusão da defesa do Bayern e indecisão do goleiro Neuer e cruzou para Pogba, que sozinho, na entrada da área, sem goleiro, só teve o trabalho de fazer 1 x 0.

Aos 28 da primeira etapa, a Juve aproveitou contra-ataque após erro de Douglas Costa. Morata pegou a bola do campo de defesa, foi carregando, driblou jogadores do Bayern e abriu para Cuadrado, que entrava sozinho pela direita. O colombiano recebeu, ainda driblou um defensor que chegou no carrinho e chutou no canto de Neuer. A Juve ainda teve um gol anulado na primeira etapa e Neuer, salvando a equipe do Bayern no fim.

No segundo tempo, o jogo foi praticamente inteiro com o Bayern em cima da Juventus. Mesmo assim, Neuer foi obrigado a fazer grande defesa. Aos 27 do segundo tempo, no entanto, o time de Munique chegou ao que queria e precisava. Douglas Costa recebeu na ponta direita da área e cruzou no segundo pau para Lewandowski, que de cabeça, descontou para o time alemão.

Continua após a publicidade

O empate veio aos 45 minutos do segundo tempo. Evra saiu jogando errado, Vidal robou e abriu para Coman na ponta direita. Após cruzamento, Thomas Müller, no segundo pau, de cabeça, empatou tudo, levando o jogo para a prorrogação.

Após um primeiro tempo sem grandes chances, o Bayern chegou a vitória com Thiago Alcántara, que havia entrado na prorrogação. Aos 3 do segundo tempo, jogador pegou um rebote, tabelou com Thomas Müller dentro da área e deu um tapa no canto do goleiro Buffon.

O time alemão ainda teve a chance de marcar mais um e garantir vaga nas quartas. Aos cinco do segundo tempo, em contra-ataque, Vidal lançou para Coman, que partiu do campo de defesa e, dentro da área, finalizou no canto do goleiro Buffon, que nada pode fazer.

Aos dez do segundo tempo, Neuer fez grande defesa a queima roupa de Manduzukic, após cruzamento de Pogba.

Continua após a publicidade

Com essa vitória, o Bayern avançou às quartas de final após os 120 minutos de jogo.

Em casa, o Barcelona aproveitou a força de seu trio de ataque, o MSN. Com larga vantagem, o Barça fez 1 x 0 aos 18 da primeira etapa. Luis Suárez carregou a bola e abriu para Neymar, que entrava sozinho pela direita. O brasileiro invadiu a área e deu um tapa na saída do goleiro Ospina, que nada pode fazer.

Na segunda etapa, ainda relaxado, o Barcelona sofreu o castigo aos cinco minutos. Gabriel Paulista abriu na direita para Alexis Sánchez, que na boca da área, cruzou para trás para a chegada de Elneny, que acertou belo chute no alto e vencer Ter Stegen, empatando tudo.

Mas aos 19, Luis Suárez, em um golaço, marcou o segundo do Barça. Daniel Alves cruzou da direita e Suárez, em um sem pulo, acertou um chute no ângulo de Ospina, que nada pode fazer.

Continua após a publicidade

Aos 34, Sánchez cobrou falta com perfeição, obrigando Ter Stegen a fazer grande defesa. Depois, ainda fez grande defesa no rebote.

Aos 43, Messi garantiu a vitória do Barcelona. Pegou uma bola na área e, de cara com Ospina, deu um tapinha por cima, fazendo 3 x 1.

Assim, o Barcelona eliminou o Arsenal com 5 x 1 no placar agregado e chegou às quartas de final do torneio.

Veja a tabela e classificação da Liga dos Campeões

Publicidade