Clique e assine a partir de 8,90/mês

Barcelona joga sem nenhum jogador da base pela 1ª vez em 16 anos

Contra o Celta, time foi a campo com Ter Stegen, Semedo,Mina, Vermaelen, Digne; Paulinho, André Gomes, Denis Suáres, Dembélé, Coutinho e Alcacer

Por Da redação - 18 abr 2018, 12h04

Um fato marcante – e até ofensivo para a torcida catalã – aconteceu no empate em 2 a 2 desta terça-feira entre Barcelona e Celta, em Vigo, pelo Campeonato Espanhol: pela primeira vez em 16 anos, o Barça escalou um time titular sem nenhum atleta formado em suas categorias de base (os canteranos, como são chamados na Espanha).

Com vários titulares poupados, incluindo Lionel Messi, que entrou no segundo tempo, o Barcelona foi a campo com Ter Stegen, Semedo, Yerry Mina, Vermaelen, Digne; Paulinho, André Gomes, Denis Suárez, Dembélé, Philippe Coutinho e Paco Alcacer (Suárez, formado no Celta, e Alcacer, no Valencia, eram os únicos espanhóis do time).

A última vez que o Barcelona entrou em campo sem atletas formados em La Masia foi em 6 de abril de 2002, quando Bonano, Reiziger, Christanval, Abelardo, Coco; Cocu, Rochemback, Luis Enrique; Rivaldo, Overmars e Saviola vestiram a camisa azul e grená diante do Athletic Bilbao.

O time titular do Barcelona costuma ter cinco ‘canteranos’: Andrés Iniesta, Sergi Roberto, Sergio Busquets, Gerard Piqué e Messi. Ao longo dos últimos anos, o Barcelona se notabilizou por utilizar diversos jogadores revelados nas categorias de base, como Xavi Hernández, Victor Valdés, Carles Puyol e Pedro Rodríguez – além dos cinco que seguem no time. A escolha do técnico Ernesto Valverde de não utilizar canteranos chamou a atenção da imprensa espanhola e foi bastante criticada por torcedores.

Continua após a publicidade
Publicidade