Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Barcelona anuncia contratação de Aguero e gera esperanças por Messi

Atacante argentino assinou por dois anos e terá multa de 636 milhões de reais; contratação pode ajudar na permanência de maior ídolo do clube catalão

Por Da Redação Atualizado em 31 Maio 2021, 13h45 - Publicado em 31 Maio 2021, 13h40

O Barcelona oficializou nesta segunda-feira, 31, a contratação do atacante argentino Sergio Aguero, que deixou o Manchester City após uma década no clube inglês. O jogador de 32 anos assinou por duas temporadas, até a metade de 2023, e tem cláusula de rescisão de 100 milhões de euros (636 milhões de reais).

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A chegada de Kun, como é conhecido, causa expectativas pela ligação mais próxima com Messi. O camisa 10 e maior ídolo do clube catalão é padrinho de um dos filhos do reforço. Com contrato no fim, ele ainda tem permanência incerta para a próxima temporada.

  • Em entrevista recente à BBC, o técnico do City, o espanhol Pep Guardiola, já havia falado sobre o acordo e apostado na permanência de Messi no clube. “Talvez revele um segredo, mas tenho quase certeza que ele [Aguero] vai jogar pelo clube do meu coração, o Barcelona. Vai jogar ao lado do melhor jogador de todos os tempos, Lionel Messi. Tenho certeza que ele vai gostar e, talvez o meu clube, o Barcelona, fique cada vez mais forte com ele em campo”.

    No último mês, o jornal inglês The Times noticiou que tornou-se possível um entendimento entre as partes após reuniões entre o pai e representante de Messi com o atual presidente Joan Laporta, com a intenção de um acordo longo, envolvendo a atuação de Messi no clube após o fim da carreira. Além disso, especula-se que Messi possa se juntar novamente a Neymar, agora no Paris Saint-Germain.

    Aguero deixou o City como maior artilheiro da história do clube, com 260 gols marcados em 390 jogos. Foram quinze conquistas na Inglaterra. No último sábado, viu escapar a chance de uma inédita Liga dos Campeões com a derrota por 1 a 0 para o Chelsea, no estádio do Dragão, no Porto. Ao final do jogo, câmeras flagraram o jogador chorando e sendo consolado por companheiros e adversários.

    UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

    Continua após a publicidade
    Publicidade