Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético-MG veta presença de jornalista no CT após discussão

Léo Gomide, da 'Rádio Inconfidência', se envolveu em confusão com técnico Oswaldo de Oliveira após empate em 1 a 1 no Acre

O Atlético Mineiro anunciou nesta quinta-feira que o jornalista Léo Gomide, da Rádio Inconfidência, está proibido de frequentar os treinos do clube, na Cidade do Galo, “até segunda ordem”. Na noite anterior, o jornalista se envolveu em confusão com o treinador Oswaldo de Oliveira, após empate em 1 a 1 com o Atlético do Acre, em Rio Branco, resultado que classificou a equipe mineira à segunda fase da  Copa do Brasil.

Em vídeo divulgado nas redes sociais do clube, o diretor de futebol, Alexandre Gallo, diz que Owaldo foi xingado por Léo Gomide – o que não fica claro nos vídeos da confusão. O dirigente afirmou que outros profissionais da Rádio Inconfidência poderão participar das atividades no clube.

“O Oswaldo tem 40 anos de futebol, é um cara sensato, na dele, que nunca teve uma reação assim. Foi justamente uma reação após um xingamento (…) Depois de uma reunião com nosso presidente, doutor Sérgio Sette Câmara, e com toda a diretoria, decidimos que fica vetada a entrada do Léo Gomide à Cidade do Galo até para que a gente evite qualquer problema futuro”, afirmou Gallo.

Oswaldo pede desculpas

Por meio de sua assessoria, o técnico Oswaldo de Oliveira pediu desculpas ao Atlético e a seus torcedores pela “reação irracional”. No entanto, reiterou ter sido vítima de uma ofensa, classificada como o “maior desaforo” de sua carreira. O técnico disse ainda que o veto ao jornalista não foi pedido por ele. Confira abaixo, na íntegra, o comunicado de Oswaldo.

“Venho a público hoje para reconhecer meu erro e me desculpar pelo episódio infeliz acontecido na noite dessa quarta-feira. Estou no futebol há mais de quatro décadas e agradeço ainda correr em minha veia o sangue competitivo de um profissional, com muita gana de fazer com que as coisas deem certo sempre. É isso que me motiva a seguir no futebol, me empenhando ao máximo diariamente em busca das vitórias e, claro, títulos.

Ontem, após nossa classificação na Copa do Brasil, ouvi o maior desaforo de toda a minha carreira do jornalista Léo Gomide (impronunciável aqui publicamente). Ouso afirmar que, PROPORCIONALMENTE, nem da arquibancada havia recebido tamanho insulto, mesmo levando em conta toda a passionalidade do torcedor pelo seu clube do coração. Tenho testemunhas de tudo o que saiu da boca desse rapaz, não à toa o próprio Atlético proibiu sua entrada na Cidade do Galo, e podem ter certeza, não foi a meu pedido.

Como ser humano, especialmente sob estresse de um jogo complicado, reagi imediatamente para me defender. As palavras que ouvi me tiraram do sério, acabei me exaltando e, por conseguinte, tive uma reação irracional – a exemplo do repórter em questão – não condizente com a do profissional que sou e sempre fui.

Peço desculpas pelo incidente de ontem ao Atlético, clube que represento, à nossa imensa e fiel Massa Atleticana, e a todos os demais profissionais da imprensa, os quais tanto respeito, tenho carinho e admiração.”

View this post on Instagram

COMUNICADO OFICIAL – OSWALDO DE OLIVEIRA . "Venho a público hoje para reconhecer meu erro e me desculpar pelo episódio infeliz acontecido na noite desta quarta-feira. Estou no futebol há mais de quatro décadas e agradeço ainda correr em minha veia o sangue competitivo de um profissional, com muita gana de fazer com que as coisas deem certo sempre. É isso que me motiva a seguir no futebol, me empenhando ao máximo diariamente em busca das vitórias e, claro, títulos. . Ontem, após nossa classificação na Copa do Brasil, ouvi o maior desaforo de toda a minha carreira do jornalista Léo Gomide (impronunciável aqui publicamente). Ouso afirmar que, PROPORCIONALMENTE, nem da arquibancada havia recebido tamanho insulto, mesmo levando em conta toda a passionalidade do torcedor pelo seu clube do coração. Tenho testemunhas de tudo o que saiu da boca desse rapaz, não à toa o próprio Atlético proibiu sua entrada na Cidade do Galo, e podem ter certeza, não foi a meu pedido. . Como ser humano, especialmente sob estresse de um jogo complicado, reagi imediatamente para me defender. As palavras que ouvi me tiraram do sério, acabei me exaltando e, por conseguinte, tive uma reação irracional – a exemplo do repórter em questão – não condizente com a do profissional que sou e sempre fui. . Peço desculpas pelo incidente de ontem ao Atlético, clube que represento, à nossa imensa e fiel Massa Atleticana, e a todos os demais profissionais da imprensa, os quais tanto respeito, tenho carinho e admiração. . Oswaldo de Oliveira"

A post shared by #timeFrancisMelo (@timefrancismelo) on

Entenda o caso

O desentendimento começou na primeira pergunta do jornalista. “Pareceu que o Atlético não sabia se atacaria pelos lados, se tentaria contragolpear…”, dizia o repórter, interrompido pelo técnico. “Você sempre faz perguntinhas mal-intencionadas. Você não está perguntando do jogo. Quem tem que dar opinião não é você, sou eu. Você opinou. Não seja tendencioso. (…)”

Léo Gomide refez o questionamento e Oswaldo respondeu, antes de fazer mais uma reclamação. “Quem não tem boa vontade, quem quer usar o lado pejorativo, faz o tipo de pergunta que você fez. Toda as vezes você repete a mesma coisa. Eu calmamente tenho administrado. A sua insistência é muito difícil. Estamos classificados, rapaz. Isso é positivo. Vocês não estavam falando do Botafogo ontem? O Atlético-MG está classificado. (…) Você não quer perguntar, você quer fazer análise. Comigo não.”

O ataque mais incisivo de Oswaldo aconteceu quando o repórter já deixava o local onde ocorreu a entrevista coletiva. O treinador escutou um palavrão e partiu para cima de Léo Gomide. “C… é você, babaca. C… é você, rapaz. Que p… é essa?! Está pensando que está falando com quem? Está pensando que está falando com quem?”, questionou, partindo para cima do jornalista.

O jornalista disse que não falou nada. “Só você ouviu isso”. O treinador foi contido pelas pessoas em sua volta, mas seguiu gritando. “Deixa de ser imbecil. Vai falar palavrão na sua casa, com sua família. Para mim, não.” Assista ao vídeo do fim da confusão, registrado pela emissora Fox Sports, e às perguntas, divulgadas no Twitter do próprio jornalista:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    😮 Ga££aGaY vs. ga££ouCÜra 😮

    Curtir