Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético e Real chegam muito modificados dois anos depois

Cada equipe aparece com seis mudanças em dois anos

Dois anos depois da finalíssima da Liga dos Campeões de 2013/2014, em Lisboa, Atlético de Madri e Real Madrid voltaram à final da Liga dos Campeões, para a edição 2015/2016. Contudo, as equipes chegam bem modificadas, como mostra o diário madrileno Marca.

O Real Marid vem com cinco mudanças dentro de campo de uma no banco de reservas. O treinador há dois anos era Carlo Ancelotti. Hoje, o treinador é Zinedine Zidane.

Em campo, o ataque é o mesmo, formado pelo trio BBC (Benzema, Bale e Cristiano Ronaldo). Já o meio, Modric permanece, mas agora tem novos companheiros. Em 2014, Khedira e Dí Maria fechavam o meia, sendo Dí Maria um dos principais jogadores do clube. Hoje, o meio é completado por Casemiro e Kroos ao lado de Modric.

Na defesa, Sergio Ramos e Carvajal permanecem. Contudo, na defesa, dois reservas viraram titulares, um titular virou reserva e outro saiu. Fabio Coentrao foi titular na esquerda, já que Marcelo sofria com muitas lesões na época, e virou reserva. Hoje, Marcelo é titular e Coentrao foi para o Monaco-FRA. Já na defesa, Pepe, que era reserva na época, virou titular absoluto, enquanto Varane, titular naquela final, hoje é banco. 

No gol, Casillas deixou o clube para defender o Porto, enquanto Keylor Navas virou titular no gol do time.

Já o Atlético mantém o mesmo treinador, Diego Simeone, mas vem com seis mudanças dentro de campo.

O goleiro era Courtois, que estava emprestado pelo Chelsea, e retornou à Inglaterra. Oblak hoje é titular no gol. Na defesa, apenas uma mudança. Miranda foi por empréstimo para a Internazionale, enquanto Giménez assumiu a titularidade ao lado de outro uruguaio, Godín, que se mantém no time. Os laterais Filipe Luís e Juanfran também são os mesmos. O brasileiro até chegou a sair, mas voltou ao clube.

No meio de campo, dois jogadores foram mantidos e dois mudaram. Gabi e Koke se mantiveram na equipe. Já Tiago e Raúl García, titulares naquela final, não são mais. Tiago virou reserva, enquanto Raúl foi para o Athletic Bilbao, por empréstimo.

No ataque, também houveram duas mudanças. Diego Costa foi para o Chelsea e Villa foi jogar nos EUA. Os titulares do time hoje são Fernando Torres e Griezmann.

Veja a diferença entre os times de Madri de 2014 e 2016 – Reprodução/Marca