Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

As seleções estreantes da Copa do Mundo feminina de futebol

Jamaica, Escócia e África do Sul disputarão o Mundial pela primeira vez

A Copa do Mundo feminina de futebol começa no dia 7 de junho, em Paris, com a partida entre a anfitriã França e a Coreia do Sul. O torneio terá seleções tradicionais, como o maior campão Estados Unidos, e o próprio Brasil, que apesar de nunca ter vencido, participou de todas as edições. Entre as 24 participantes, há também três estreantes: Jamaica, África do Sul e Escócia.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo Feminina 2019

A Jamaica está no grupo do Brasil, o C, junto com Itália e Austrália e confia em sua artilheira, Khadija Shaw, para tentar surpreender no torneio. Com maioria de jogadoras atuando no futebol inglês, as escocesas caíram no complicado Grupo D, que tem Argentina, Inglaterra e Japão. Já a África do Sul caiu no chamado “grupo da morte”, com Alemanha, China e Espanha.

Jamaica

As Reggae Girlz (garotas do Reggae) disputaram sua primeira partida oficial em 2001. A carência de investimento no futebol feminino foi um dos motivos para a seleção jamaicana nunca ter alcançado uma vaga no Mundial. O time chegou a receber ajuda de Cedella Marley, filha do músico Bob Marley, nomeada embaixadora da seleção em 2014, com o objetivo de angariar fundos para preparar a Jamaica para a disputa da eliminatórias da Concacaf, que dão vagas na Copa do Mundo, mas a equipe caiu na fase de grupos do torneio. A maior artilheira da seleção é a atacante Khadija Shaw, com 25 gols em 29 jogos.

Escócia

O futebol feminino na Escócia era disputado de forma ilegal até 1970, quando a proibição foi retirada por autoridades locais. Por isso, a primeira partida oficial da seleção feminina ocorreu apenas em 1972, em uma derrota, por 3 a 2, para a Inglaterra. A equipe só passou a ser dirigida pela Associação Escocesa de Futebol (SFA, na sigla em inglês) em 1998 e demorou a aparecer no cenário mundial, chegando a sua primeira Eurocopa em 2017 e primeira Copa do Mundo neste ano. Grande parte das escocesas disputa o Campeonato Inglês, como a atacante Jane Ross, do West Ham, maior artilheira da seleção, com 58 gols em 126 jogos.

Time feminino da Escócia, em amistoso contra a Seleção Brasileira – 08/04/2019 (Jose Breton/NurPhoto/Getty Images)

África do Sul

A seleção sul-africana feminina é conhecida como Banyana Banyana (as meninas, na tradução), em contraste com os Bafana Bafana (os meninos) da seleção masculina. A equipe disputou sua primeira partida oficial em 1993, contra a Suazilândia (país da África Austral) e é a única seleção estreante no Mundial que já disputou duas olimpíadas, em 2012 e 2016, apesar de não ter passado da fase de grupos. O destaque do time é a zagueira Janine van Wyk, capitã e atleta com mais jogos pela África do Sul (159).

Time feminino da África do Sul, na Rio-2016 – 09/08/2016 (Chris Brunskill-FIFA/Getty Images)