Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

As outras opções de Neymar caso não consiga retornar ao Barcelona

Diário catalão informou que, consciente da dificuldade de retornar à Espanha, atacante brasileiro se ofereceu a outros gigantes do continente

Neymar quer desesperadamente deixar o Paris Saint-Germain, algo que até mesmo o técnico do clube, Thomas Tuchel, já admitiu publicamente. Seu sonho é retornar ao Barcelona dos amigos Lionel Messi e Luís Suárez, de onde se arrependeu amargamente de ter saído em 2017, mas a negociação vai esfriando a cada dia. Ciente disso, o atacante brasileiro se ofereceu a outros gigantes do continente, segundo informações do diário catalão Mundo Deportivo desta quarta-feira, 17.

O jornal informa que Neymar, por meio do agente israelense Pini Zahavi, o mesmo que negociou sua ida para o PSG, iniciou conversações com Real Madrid, Juventus, Bayern de Munique e Manchester United — a última opção é a que menos lhe agrada, já que o clube inglês não se classificou para a Liga dos Campeões.

Neymar agora corre contra o tempo para tentar convencer o PSG a liberá-lo nas melhores condições possíveis. O mercado na Espanha, na França e na Alemanha fecha em 2 de setembro, enquanto na Inglaterra e na Itália a janela de transferências se encerra mais cedo, em 8 e 25 de agosto, respectivamente.

O atacante brasileiro, no entanto, não conta com a benevolência da diretoria do PSG, que, irritada com seu atraso de uma semana na reapresentação, além de declarações consideradas inoportunas e uma postura antiprofissional, cogita até deixá-lo na “geladeira”, caso nenhum clube apresente uma proposta razoável.

O diário espanhol As revelou na terça-feira 16 que o PSG recusou uma proposta do Barcelona que incluía o pagamento de 40 milhões de euros (cerca de 168,7 milhões de reais) mais a cessão do meia Philippe Coutinho e do atacante francês Ousmane Dembélé. Ainda de acordo com a publicação, Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, considerou a proposta “ridícula”. O milionário catari, que em 2017 desembolsou 222 milhões de euros para ter Neymar, não pretende vendê-lo por menos de 300 milhões de euros.

Técnico já sabia do desejo de Neymar

Thomas Tuchel e Neymar (Robbie Jay Barratt/AMA/Getty Images)

O alemão Thomas Tuchel falou nesta terça, depois da goleada sobre o Dynamo Dresden, na Alemanha, no primeiro compromisso da pré-temporada, sobre a possível saída de Neymar da equipe e disse que já sabia do desejo do atacante. “Estou sempre desapontado se um jogador está atrasado. Ele queria sair já antes da Copa América, mas agora é algo entre o clube e o jogador”, revelou o treinador.

Apesar disso, Tuchel confirmou que pretende levá-lo para o período de dez dias da pré-temporada do clube na China. “Os outros jogadores se prepararam durante uma semana para jogar. Agora é a vez do Neymar. Depois disso, sim, ele estará pronto, na minha opinião, para viajar conosco para a China”, comentou.

Por fim, o alemão reafirmou que ainda conta com o jogador. “Eu não sei o que vai acontecer, é uma coisa entre o clube e o Neymar. Eu sou o treinador, e ele é meu jogador. Se ele estiver no vestiário, ele é meu jogador. Vou trabalhar com ele.”