Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Argentina x Paraguai: jogo com cara de Libertadores na Copa América

A loucura das torcidas nas arquibancadas e a tensão no gramado deu o tom latino à partida (com uma pitada brasileira, é claro)

BELO HORIZONTE – O jogo era equivalente a uma final. Com o revés argentino e o empate paraguaio na estreia, quem saísse derrotado do Mineirão ficaria a um passo da desclassificação da Copa América. A partida não foi tecnicamente das melhores, mas a festa das torcidas nas arquibancadas deram uma cara diferente ao duelo. O fracasso de público dos primeiros jogos da competição não se repetiu nesta quarta 19. A vibração dos argentinos rivaliza com a provocação dos brasileiros presentes, e que ajudavam os paraguaios nas provocações ao rival. Finalmente um jogo com cara de Libertadores.

Tabela completa da Copa América 2019

Os argentinos estavam em maior número e faziam mais barulho – foram 35 265 pagantes no Mineirão. Desde as primeiras horas do dia, a torcida se reuniu no hotel onde a seleção estava hospedada para mostrar o seu apoio. No estádio, não foi diferente. Os brasileiros reagiam cantando a música “Mil gols”, que ofende o ídolo argentino Diego Maradona e exalta Pelé.

Sem conseguir fazer o gol – a Argentina só deu um chute no alvo no primeiro tempo, em cobrança de falta de Lionel Messi –, veio a tensão e o medo pelo pior. Os brasileiros e paraguaios até ensaiaram um “olé” ainda antes do intervalo. O Paraguai abriu o placar com gol de Richard Sánchez aos 36 minutos e isso só piorou as coisas para o lado argentino. Até o final da primeira etapa, o que se ouviu foi a festa do outro lado, principalmente da torcida local.

A entrada de Sergio Agüero no intervalo animou os argentinos na arquibancada mais uma vez. No embalo da torcida, o time chegou ao gol de empate em pênalti marcado com o auxílio do VAR. Os gritos de Messi ecoaram durante alguns segundos pelo Mineirão depois da cobrança certeira do camisa 10.

O único problema foi a qualidade do jogo propriamente dita. Sem conseguir sufocar o Paraguai, a torcida da Argentina foi murchando durante o final do segundo tempo. Até mesmo as provocações dos brasileiros cessaram. O empate de 1 a 1 ao final do confronto foi ruim para os dois e as equipes vão precisar muito mais do que o apoio das arquibancadas para chegar longe na Copa América.