Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Árbitro do clássico pede perdão: ‘Espero seguir minha carreira’

Thiago Duarte Peixoto admitiu ter confundido Gabriel com Maycon antes de expulsar, equivocadamente, o jogador do Corinthians

Thiago Duarte Peixoto, o árbitro que apitou à vitória do Corinthians sobre o Palmeiras, em Itaquera, pelo Campeonato Paulista, admitiu em entrevista na madrugada desta quinta-feira o seu erro na expulsão do corintiano Gabriel, no fim do primeiro tempo. O árbitro disse ter confundido o volante com o colega Maycon, quem deveria ter recebido o cartão amarelo, e revelou temor de que o episódio atrapalhe a sua carreira.

“Espero, com muita fé e com muita força de vontade, poder seguir a minha carreira como segue todo mundo quando comete algum equívoco no trânsito, quando comete um equívoco e não faz um gol, que comete equívoco em uma palavra errada de um jornalista. Não estou querendo justificar. Eu errei. Apliquei o cartão amarelo e vermelho para a pessoa errada. Mas espero do fundo do coração que minha carreira continue”, disse Peixoto, que é professor de educação física e tem 38 anos. 

Veja também

O árbitro disse ter se atrapalhado porque no lance da falta, o corintiano Maycon puxou a camisa de Keno, que ao cair, recebeu uma entrada de carrinho do zagueiro Pablo. “No momento que o zagueiro puxa, tem um jogador, se não me engano o Pablo, que dá uma chegada dura por baixo, que me deixa preocupado. Quando eu levanto a cabeça, vejo o Gabriel na minha frente. Erro? Sim, um erro. Mas aquilo me influenciou na decisão de olhar para ele e dar o cartão, digo, erroneamente, para o Gabriel”, explicou.

Uma imagem da Rede Globo flagrou o quarto árbitro avisando Peixoto que “não foi o Gabriel”. Segundo o árbitro, porém, os assistentes acharam que ele havia marcado falta pelo carrinho de Pablo, e não pelo puxão de camisa de Maycon.  “O que foi questionado com os assistentes é que eles ficaram preocupados achando que eu dei a falta por baixo, a do Pablo, zagueiro, e não foi essa falta que eu dei. Eu marquei a falta por puxão, do Maycon, e dei cartão para o Gabriel, erroneamente. Ninguém tinha a informação exata”, explicou Peixoto, que pelo erro, chorou no vestiário e ficou muito abalado.

O árbitro pediu para ser perdoado pela falha. “Já deve ter marcado a minha carreira. Eu escolhi ser árbitro de futebol, escolhi isso para a minha vida, tenho que estar preparado tanto para os erros, como para os acertos. Se a comissão confiou em mim para estar aqui, é porque eu merecia. Espero que eu continue a minha carreira. Sim, é um aprendizado, difícil errar em um clássico, difícil errar em um jogo de uma importância dessa, mas foi o que escolhi para mim”, comentou, antes de se despedir dizendo que gostaria de ir para casa abraçar o filho.

(Estadão Conteúdo)

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. hildo molina

    arrogante como todos eles! dedique-se à carreira de prof. de ed. física. porque o auxiliar ajudou e disse não foi o gabriel, mas seu orgulho foi maior que a honestidade.

    Curtir

  2. marcos bueno lima

    Falsa humildade, nao combina com sensacao de onipotencia, praticada durante o jogo.Pior, eh que gente assim, tem aos montes por aih.Frezzer nele!!

    Curtir

  3. Tem q ser banido esse incompetente e ARROGANTE.

    Curtir

  4. amaurilio sampaio

    Kkkkkkk cadê? Cadê os antis?

    Curtir

  5. Djalma Wilson Janini Franco

    Incompetente, arrogante, prepotente e alienado. Para que servem os auxiliares?

    Curtir

  6. Marcos Binelli

    Assisti ao jogo e não sei se algum auxiliar o avisou do erro. Pela imagem da TV, que o mostra de frente, o cara que fez a falta se afasta para o canto para se esconder, o Gabriel fica parado na frente dele, quando ele levanta a cabeça, ele erra. Sou palmeirense, acho que estão crucificando o cara a toa. Ele assumiu o erro, o Corinthians foi é beneficiado com a expulsão por que o time se desdobrou em campo. Se tem um ‘professor’ que tem de ser crucificado é o que fica no banco do Palmeiras. Fez substituições de 8 por 8, não sabe ler o jogo, muito fraco. Para alguém deste nível, que ficasse com o Valentim mesmo, já conhecia o time e é mais capacitado que este ai. Mas conseguiram perder o Valentim também.

    Curtir