Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aposta de Dunga, Afonso Alves encerra a carreira aos 34 anos

Jogador passou pela seleção brasileira, na primeira "Era Dunga"

Em 2007, um nome surpreendeu a todos no Brasil ao ser convocado por Dunga pela primeira vez. Afonso Alves era destaque no Campeonato Holandês e foi levado até para a Copa América daquele ano, sendo campeão com o Brasil. Hoje, oito anos depois, ele se aposenta.

Naquele ano, Afonso Alves quebrou o recorde de gols em uma mesma partida no Holandês ao anotar sete vestindo a camisa do Heerenveen, superando Marco van Basten, Johan Cruyff, Pierre Kerkhofs e Dirk Lammers, que haviam feito seis jogos em um mesmo jogo no torneio. Afonso fez sete gols na vitória de 9 x 0 do Heerenveen na vitória de 9 x 0 sobre o Heracles Almelo.

Uma temporada antes, em 2006/2007, Afonso já entrara na história do clube ao ser artilheiro do Holandês com 34 gols. Foi neste momento que o jogador chamou a atenção de Dunga e, posteriormente, do Middlesbrough, do Campeonato Inglês.

Na Inglaterra, não brilhou como na Holanda. Após ser contratado por 17 milhões de euros, fez apenas 49 partidas, marcando 13 gols em uma temporada e meia, em 2009 e 2010. Depois disso, sua carreira foi no Catar, defendendo o Al-Sadd, Al-Rayyan e Al-Gharafa, até 2014. Encerrou sua carreira neste ano, jogando no Cerezo Osaka, no Japão.

No Brasil, jogou apenas em seus primeiros anos de carreira, em 2001 e 2002, no Atlético-MG. Antes de ir para a Holanda, em 2006, jogou o futebol sueco, de 2002 a 2006, defendendo o Örgryte e o Malmö.

Agora, aos 34 anos, encerra sua carreira, com uma passagem na seleção brasileira curta, com oito partidas e apenas um gol, na vitória contra o México por 3 x 1, em 2007, durante partida amistosa, logo após a Copa América.