Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após reunião, diretor do Barcelona confia na volta de Neymar: ‘Mais perto’

Comitiva do clube catalão se reuniu com o PSG nesta terça-feira para fazer nova oferta pelo atacante

A interminável novela Neymar ganhou um agitado capítulo nesta terça-feira, 27. Integrantes da diretoria do Barcelona viajaram a Paris para negociar o retorno de Neymar e saíram otimistas depois da reunião com o PSG. “Estamos mais perto”, afirmou Javier Bordas, diretor esportivo do Barcelona, ao desembarcar no aeroporto de Prat, após integrar a delegação que esteve na capital francesa.

Bordas e outros dirigentes viajaram em voo privado para uma reunião com o diretor-esportivo do PSG, o brasileiro Leonardo, que, segundo o jornal Le Parisien, aconteceu contra a vontade do presidente do clube francês, Nasser al-Khelaifi. Questionados por repórteres se o negócio já estava fechado, Leonardo manteve o mistério: “Já falaremos com calma”.

O delegação do Barcelona contou também com o diretor-geral, Oscar Grau, o secretário-técnico, Eric Abidal, e o representante do time no Brasil, André Cury. De acordo com a imprensa francesa, o Barcelona apresentou uma proposta, e Leonardo teria se comprometido a dar uma resposta entre hoje e amanhã.

O Le Parisien afirma que a oferta foi de 170 milhões de euros (766,1 milhões de reis), em duas parcelas. Já o L’Équipe informa que há outros jogadores envolvidos na proposta como “moedas de troca” – o atacante francês Ousame Dembelé e o lateral Nélson Semedo são os favoritos.

Neymar deixa claro: só quer o Barça

O diário espanhol Marca informou que Neymar avisou de forma contundente a Leonardo que nenhuma outra possibilidade além do retorno ao Barcelona lhe interessa. Seu objetivo foi pressionar ainda mais o PSG a aceitar as condições impostas pelo clube catalão e assim sabotar o “plano de vingança” do clube francês, que parecia disposto a facilitar sua saída para outros clubes interessados, como Real Madrid e Juventus.

(com agência EFE)