Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após quase seis anos, Klinsmann deixa os EUA

Treinador conquistou uma Copa Ouro pelo país

O alemão Jürgen Klinsmann não é mais técnico dos EUA. Com a crise da equipe, lanterna da fase final das Eliminatórias da Concacaf, derrotada em casa após 15 anos e goleada pela Costa Rica por 4 x 0, o treinador não suportou a pressão.

Klinsmann chegou ao comando dos EUA em 2011, em julho, com a experiência de ter dirigido a seleção alemão em uma Copa em casa, e o Bayern de Munique na temporada 2008/2009.

Pelos EUA, fez 98 partidas, com 55 vitórias, 16 empates e 27 derrotas, com um aproveitamento de 61,56% dos pontos, inferior ao que fez na Alemanha (66,66%) e no Bayern (63,63%).

Conquistou a Copa Ouro de 2013 no comando do país, mas classificou a equipe para a Copa do Mundo de 2014, caindo nas oitavas de final. Na Copa Ouro de 2015, foi derrotado pela Jamaica na semifinal e ficou com o quarto lugar, perdendo para o Panamá nos pênaltis. Na Copa América Centenário, neste ano, foi quarto colocado. 

Em 2013, foi eleito o treinador do ano pela Concacaf. 

“Nós queremos agradecer Jürgen por seu trabalho duro e compromisso durante estes cinco anos. Ele teve orgulho em assumir a responsabilidade e comandar o projeto, e tivemos consideráveis conquistas neste percurso”,  disse o comunicado da Federação dos EUA.