Clique e assine com até 92% de desconto

Após passar por 3 prorrogações, Croácia chega em piores condições à final

Para especialista, o fato de os croatas terem jogado 90 minutos a mais que os franceses faz com que o time não chegue 100% à decisão da Copa da Rússia

Por Lucas Mello Atualizado em 13 jul 2018, 12h27 - Publicado em 12 jul 2018, 17h58

Nenhuma seleção na história da Copa do Mundo chegou a uma decisão após precisar de três decisões na prorrogação como a Croácia de 2018. Algumas, como a Argentina de 1990 e 2014, e a França de 1998, passaram por duas, mas nunca mais que isso. E esses 90 minutos a mais de futebol com relação à série da França pode ser extremamente prejudicial para a equipe.

“O desgaste dos croatas é muito maior. Não é que tem um jogo a mais (90 minutos). O cansaço acumulado em cada partida é maior porque aumenta o tempo da atividade e consequentemente o desgaste. Como não há tempo para recuperação completa, dificilmente chegam com 100% de condições na decisão, com uma desvantagem bastante grande”, explica o fisiologista e médico do esporte da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Paulo Zogaib.

Além de terem passado por Dinamarca, Rússia e Inglaterra após 120 minutos de futebol, os croatas jogaram a semifinal um dia depois dos franceses, diminuindo ainda mais a possibilidade de recuperação. “Após as partidas, há inflamação e aumento da temperatura dos músculos. Todos passam por uma avaliação individual, mas normalmente o processo de recuperação começa logo após os jogos, com a redução da temperatura corpórea e do processo inflamatório. Usa-se imersão em água gelada ou massagens com bolinhas de gelo, e dura de 36 a 48 horas”, explica Zogaib, afirmando que a França chega com favoritismo no aspecto físico.

  • “Quanto maior a intensidade e volume de atividade física, maior é a agressão ao organismo. Ao término de uma atividade, é necessário consertar isso. Quanto maior o volume de jogo, mais tem que ser feito para arrumar e o tempo pode não ser suficiente. Alguns podem sentir mais que outros”, disse o fisiologista.

    “Isso é muito difícil (desgaste). Mas me parece que, quanto mais difícil as circunstâncias, melhor nós jogamos futebol. Claro que a França tem um dia a mais, mas nós vamos descansar e nos recuperar a tempo. Não há desculpas, isso é uma final de Copa do Mundo. Temos que dar tudo, estar prontos, estar preparados. É a chance de uma vida. Tem sido difícil para nós, mas vamos achar a força e a motivação”, afirmou o técnico croata, Zlakto Dalic, nesta quinta-feira.

    Croácia e França decidem a Copa do Mundo no próximo domingo, às 12 horas (de Brasília), no estádio Lujniki, em Moscou. Essa é a terceira final dos franceses, campeões em 1998 e vices em 2006. Os croatas chegam à sua primeira decisão.

    Equipes que chegaram à decisão após passarem pela prorrogação

    Itália – 1934
    Jogo extra contra a Espanha nas quartas de final*

    Itália – 1938
    Passou pela Noruega na primeira fase da Copa

    Hungria – 1954
    Passou pelo Uruguai na semifinal

    Itália – 1970
    Passou pela Alemanha Ocidental na semifinal

    Alemanha Ocidental – 1982
    Passou pela França, após os pênaltis, na semifinal

    Continua após a publicidade

    Alemanha Ocidental – 1986
    Passou pelo México, após os pênaltis, nas quartas de final

    Alemanha – 1990
    Passou pela Inglaterra, após os pênaltis, na semifinal

    Argentina – 1990
    Passou pela Iugoslávia, após os pênaltis, nas quartas de final
    Passou pela Itália, após os pênaltis, na semifinal

    Itália – 1994
    Passou pela Nigéria nas oitavas de final

    Brasil – 1998
    Passou pela Holanda, após os pênaltis, na semifinal

    França – 1998
    Passou pelo Paraguai nas oitavas de final
    Passou pela Itália, após os pênaltis, nas quartas de final

    Itália – 2006
    Passou pela Alemanha nas quartas de final

    Alemanha – 2014
    Passou pela Argélia nas oitavas de final

    Argentina – 2014
    Passou pela Suíça nas oitavas de final
    Passou pela Holanda, após os pênaltis, na semifinal

    Croácia – 2018
    Passou pela Dinamarca, após os pênaltis, nas oitavas de final
    Passou pela Rússia, após os pênaltis, nas quartas de final
    Passou pela Inglaterra na semifinal

    *Não existia prorrogação. As equipes jogavam uma partida extra após empate

    Continua após a publicidade
    Publicidade