Após infarto, goleiro Casillas pode virar dirigente

Porto ofereceu novo cargo ao espanhol, que deve confirmar a aposentadoria aos 38 anos, segundo diário local

Por Da Redação - Atualizado em 2 jul 2019, 10h58 - Publicado em 2 jul 2019, 10h47

O goleiro Iker Casillas, do Porto, deve confirmar sua aposentadoria em breve, depois de ter sofrido um infarto em maio, segundo informações divulgadas nesta terça-feira, 2, pelo jornal português A Bola. Aos 38 anos, o ídolo do Real Madrid e da seleção espanhola deve se tornar dirigente do clube português.

O arqueiro teve o problema no coração durante um treinamento do Porto e foi internado com urgência. Ele passou por exame de cateterismo e, cinco dias depois, recebeu alta do hospital. Menos de um mês após o infarto, Casillas viveu uma nova situação dramática: sua esposa, a repórter Sara Carbonero, foi diagnosticada com câncer no ovário, mas também se recuperou bem.

Desde 2015 no Porto, Casillas havia renovado seu contrato pouco antes do problema de saúde, principal responsável pela decisão de se aposentar. Pelo clube português, ele conquistou o campeonato nacional no ano passado. O goleiro é ídolo do Real Madrid e da seleção espanhola, onde foi campeão da Copa do Mundo, em 2010, na África do Sul, e bicampeão da Eurocopa, em 2008 e 2012. Dono da braçadeira de capitão, ele levantou a taça do Mundial.

Publicidade