Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após deixar a seleção, Edu Gaspar é apresentado como diretor do Arsenal

Ex-coordenador de seleções da CBF será o primeiro diretor técnico da história do clube inglês

Um dia após deixar o cargo de coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Futebol, Edu Gaspar foi anunciado nesta terça como novo diretor técnico do Arsenal. É a segunda passagem do brasileiro, que foi substituído por Juninho Paulista na CBF, pelo time de Londres. Edu foi jogador da equipe entre 2001 e 2005, um dos períodos mais gloriosos da história do clube. Ao oficializar a contratação do ex-atleta de 41 anos, o Arsenal explicou qual será sua função dentro da organização: “Em seu papel como diretor técnico, Edu coordenará o trabalho do nosso grupo de treinamento da equipe principal, a academia e o recrutamento de jogadores, a fim de supervisionar a construção constante e o fortalecimento eficiente do nosso time”.

No comunicado, o Arsenal tratou de exaltar a conquista recente da Copa América pela seleção brasileira, que teve Edu como peça importante da engrenagem da equipe. O clube inglês também confirmou que o dirigente viajará com a delegação nesta quinta rumo aos Estados Unidos, onde a equipe fará pré-temporada. “Estamos muito animados que Edu está se juntando ao time. Ele tem uma grande experiência e conhecimento técnico de futebol e, mais importante, é um verdadeiro homem do Arsenal. Ele entende o clube e o que representamos para nossos milhões de fãs ao redor do mundo”, afirmou Raul Sanllehi, chefe do departamento de futebol do clube londrino, por meio do site oficial da equipe.

“Sua chegada é a parte final e muito importante do quebra-cabeça em nosso desenvolvimento de uma nova infraestrutura de futebol para nos levar adiante. Ele trabalhará de perto com Unai Emery e com os treinadores da equipe principal, e desempenhará um papel relevante, liderando nossa visão de futebol e garantindo que tenhamos – e sigamos – uma filosofia sólida em todas as nossas atividades futebolísticas”, reforçou o dirigente.

Em sua trajetória como jogador do clube londrino, Edu disputou 127 jogos e marcou 61 gols. Conquistou dois títulos do Campeonato Inglês, um deles de forma invicta na histórica temporada 2003/2004. Para completar, ergueu três troféus da Copa da Inglaterra e outros dois da Supercopa inglesa. Ele será o primeiro diretor técnico da história do Arsenal. Além dos três anos como coordenador de seleções, o brasileiro também atuou como diretor de futebol do Corinthians entre 2011 e 2016.

O dirigente celebrou o novo desafio de sua carreira. “O Arsenal sempre teve um lugar especial no meu coração e estou muito feliz por voltar a este grande clube neste novo papel. Temos uma equipe forte e alguns jogadores jovens muito talentosos com pessoas fantásticas em todos os níveis. Estou ansioso para ajudar a fazer a diferença”, disse o brasileiro. No período em que Edu atuou como coordenador na CBF, a seleção brasileira disputou 42 jogos: foram 33 vitórias, sete empates e duas derrotas, um aproveitamento de 84,13%.

 

(Com Estadão Conteúdo)