Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aos 99 anos, ex-presidente Dualib pode voltar a ser sócio do Corinthians

Conselho recomendou o retorno do ex-mandatário, excluído do clube em 2007

Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians, pode voltar ao quadro associativo do clube, aos 99 anos. Na noite da última segunda-feira 27, o Conselho de Orientação do Timão (Cori) recomendou o retorno do ex-mandatário com seis votos a favor e quatro contra. A situação passa pelo aval da atual diretoria.

Tabela completa de jogos do Campeonato Brasileiro 2019

São duas possibilidades para o ex-dirigente voltar ao quadro de associados do alvinegro: pelo presidente Andrés Sanchez, unilateralmente, ou pelo Conselho Deliberativo, cuja próxima reunião está marcada para o dia 2 de agosto. Em ambas, o cenário é favorável ao retorno de Dualib.

 

Em 2007, Dualib se desligou do quadro de sócios do Corinthians em uma manobra para não ser excluído, o que não permitiria, posteriormente, seu retorno ao clube. O ex-presidente também renunciou ao cargo em outubro de 2007 visando evitar impeachment iminente.

Naquela época, o mandatário era investigado por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e outros crimes. Acabou sendo condenado por estelionato, mas teve punibilidade prescrita no ano passado. Dualib presidiu o Corinthians de 1993 a 2007. No período, o clube conquistou 14 títulos, incluindo três Campeonatos Brasileiros e o Mundial de 2000.

Organizada protesta – A Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do clube, se posicionou enfaticamente nesta quarta-feira, 29, contra o retorno de Dualib e disse que fará “tudo que estiver ao nosso alcance para que este senhor jamais volte a pisar no Parque São Jorge”.

Abaixo, a nota completa divulgada pela Gaviões da Fiel:

A diretoria dos Gaviões da Fiel vem a público se manifestar explicitamente contra a volta de Alberto Dualib ao quadro de associados do Corinthians. Assim como em 2007, faremos tudo que estiver ao nosso alcance para que este senhor jamais volte a pisar no Parque São Jorge.

Lembramos ainda que a renúncia do mesmo se deu como uma manobra política para evitar seu banimento, mas seguimos convictos que Alberto Dualib é uma das pessoas menos honradas para frequentar e gozar do privilégio de sócio do Sport Club Corinthians Paulista.

Acompanharemos de perto essa tentativa vexatória de trazer de volta ao Parque São Jorge, quem por lá jamais deveria ser bem-vindo.

Antes que possa voltar, Fora Dualib mais uma vez!