Clique e assine a partir de 9,90/mês

Alexandre Mattos é o novo diretor executivo do Atlético-MG

Ex-dirigente do rival Curzeiro e do Palmeiras aceitou a proposta do Galo e vai assinar contrato até o final de 2021

Por Alexandre Senechal - Atualizado em 11 mar 2020, 16h12 - Publicado em 11 mar 2020, 15h04

O Atlético Mineiro anunciará um novo reforço, agora para a gestão do futebol do clube. Alexandre Mattos, ex-dirigente do rival local Cruzeiro e do Palmeiras, será diretor executivo do clube. A informação foi confirmada por uma pessoa próxima a Mattos. Ele chega para substituir Rui Costa, demitido junto com o técnico Rafael Dudamel e a comissão técnica após a derrota para o Afogados na Copa do Brasil.

Alexandre Mattos mora em Belo Horizonte e já aceitou o cargo. Nesta quinta-feira 11, irá se reunir com a diretoria para acertar os últimos detalhes e assinar um contrato com a mesma duração que o do técnico Jorge Sampaoli – até dezembro de 2021. A apresentação do novo diretor executivo acontecerá no início da semana que vem.

Mattos tem um passado vitorioso pelo rival Cruzeiro, pelo qual chegou a trabalhar brevemente no início de 2020. Em 9 de janeiro, ele deixou o clube celeste depois de apenas quatro dias de trabalho, por causa da demissão do vice-presidente Pedro Lourenço.

O diretor de 43 anos havia prometido dedicar 45 dias para ajudar o clube mineiro no processo de transição da Série A para a B, mas, por gratidão a Lourenço, quem o trouxe, interrompeu a passagem. Seu objetivo, então, era trabalhar no Reading, clube da segunda divisão inglesa, mas a dificuldade para finalizar os trâmites para retirada do visto de trabalho da Inglaterra e o surto do coronavírus impediram a aventura europeia.

Mattos trabalhou no Cruzeiro de 2012 a 2015 e ajudou a montar o time que foi bicampeão brasileiro, em 2013 e 2014. Após o sucesso em Belo Horizonte, foi contratado pelo Palmeiras, pelo qual conquistou o Brasileirão de 2016 e 2018 e o título da Copa do Brasil em 2015.

Continua após a publicidade
Publicidade