Clique e assine a partir de 9,90/mês

Al-Sadd vence Hienghène Sport e avança às quartas do Mundial de Clubes

Clube do Catar dirigido por Xavi Hernández sofreu mais que o esperado para bater a equipe da Nova Caledônia; nas quartas, equipe enfrentará o Monterrey

Por Gazeta Press - 11 dez 2019, 18h02

O Mundial de Clubes começou nesta quarta-feira, 11, no Catar, com uma vitória do representante do país sede. O Al-Sadd, bateu o Hienghène Sport, da Nova Caledônia, por 3 a 1 no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, e agora enfrentará o Monterrey, do México, no próximo sábado, pelas quartas de final da competição.

O Al-Sadd, que tem ex-jogador espanhol Xavi Hernández como treinador, foi melhor na partida, mas sofreu para obter o resultado diante do campeão da Oceania. Bounedjah abriu o placar para a equipe catari aos 25 da primeira etapa. Akram Afif chegou a ampliar ainda no primeiro tempo, mas com o auxílio do VAR, o lance foi invalidado por impedimento.

Logo no primeiro lance do segundo tempo, o Hienghène Sport, uma equipe semi-profissional do arquipélago próximo da Austrália, igualou o marcador. Roine ganhou no corpo de Khoukhi e bateu na saída de Al-Sheeb. A arbitragem chegou a anular o tento alegando falta, mas novamente o árbitro de vídeo foi acionado e validou o gol. O Al-Sadd reagiu, mas cansou de perder gols e a disputa foi para a prorrogação.

A equipe do Catar seguiu no ataque e confirmou a classificação com gols de Abdelkarim e Pedro. Agora, a equipe de Xavi terá os mexicanos do Monterrey pela frente no próximo sábado, novamente no Jassim Bin Hamad, pelas quartas do Mundial. Quem avançar enfrentará o Liverpool em uma das semifinais. O Flamengo estreia na próxima terça-feira, 17, contra o vencedor de Al Hilal, da Aráia Saudita, e Esperánce, da Tunísia. 

Publicidade