Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oficial: Al Hilal acerta com Cuéllar e negociação com Gabriel é cancelada

Volante do Corinthians chegou a viajar para Arábia Saudita para fechar contrato, mas o clube anunciou a contratação do colombiano

A contratação de Gabriel pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, acabou em frustração por causa de outro jogador que atua no futebol brasileiro. O volante do Corinthians chegou a se despedir dos companheiros após a classificação para a semifinal da Copa Sul-Americana na noite da quinta-feira, 29 e viajou para o Oriente Médio para assinar o novo contrato. O problema é que a equipe reabriu as negociações com Gustavo Cuéllar, do Flamengo, que era seu “plano A” e acertou com o colombiano. O retorno de Gabriel ao Brasil acontece neste sábado, 31.

Apesar de não confirmar para os jornalistas que o negócio estava fechado após o empate contra o Fluminense por 1 a 1 no Maracanã, Gabriel chegou a chorar no vestiário e se despedir do elenco do Corinthians, como revelou o meia Mateus Vital. Nesta sexta-feira, 30, Gabriel embarcou para a Arábia Saudita para oficializar o acordo.

Enquanto Gabriel viajava, o Flamengo publicou uma nota em seu site afirmando que reabriu a negociação com o Al Hilal para a transferência de Cuéllar e que liberou o jogador para acertar as pendências da negociação – o zagueiro Rodrigo Caio chegou a confirmar a saída do colombiano em entrevista coletiva durante a tarde desta sexta-feira. Horas depois, os sauditas anunciaram a contratação do volante flamenguista.

O Corinthians divulgou uma nota oficial no final da tarde para explicar o caso. O clube brasileiro informou que houve desistência por parte do Al-Hilal e lamentou pela falta de profissionalismo “da outra instituição envolvida na negociação”. O texto disse que a equipe “atendeu à vontade do atleta” para fechar o acordo.

Cuéllar sempre foi a prioridade do Al-Hilal. Há 20 dias, o jogador e o clube acertaram as bases salariais, mas a indefinição do Flamengo impediu a concretização do negócio. Os árabes aceitaram pagar 7,5 milhões de euros (34 milhões de reais), mais do que os 6 milhões de euros (25,3 milhões de reais) aceitos pelo Corinthians. O acordo com Cuéllar já está definido. Resta saber se Gabriel ainda faz parte dos planos ou volta ao Brasil para continuar defendendo o time paulista.