Clique e assine com até 92% de desconto

A caminho do Atlético de Madri, Suárez chora ao se despedir do Barcelona

Terceiro maior artilheiro da história do clube catalão, atacante uruguaio evitou reclamar da dispensa e se disse orgulhoso de sua trajetória

Por Da Redação Atualizado em 24 set 2020, 17h52 - Publicado em 24 set 2020, 11h08

Fora dos planos do técnico Ronald Koeman para a temporada, Luis Suárez fez questão de deixar o Barcelona pela porta da frente. O atacante uruguaio se despediu do clube catalão, oficializado como reforço do Atlético de Madri, recebeu homenagens em uma emotiva despedida nesta quinta-feira, 24, no Camp Nou. “Chega ao fim uma etapa da qual estou muito orgulhoso. Levo amigos e isso me deixa feliz. Além do jogador, se vai um ser humano que tem sentimentos”, afirmou Suárez, que não conteve as lágrimas.

Terceiro maior artilheiro da história do Barcelona com 198 gols em seis temporadas, o jogador de 33 anos se disse eternamente grato ao Barcelona por ter lhe contratado logo após a polêmica na Copa do Mundo de 2014, da qual foi excluído após morder o italiano Giorgio Chiellini em jogo da primeira fase, em Natal. “O clube confiou em mim sabendo das condições por um erro que havia cometido e seguiu confiando em mim. Serei sempre agradecido ao clube e ao treinador da época”, disse, citando o técnico Luis Enrique.

  • Lionel Messi, melhor amigo de Suárez, foi um dos atletas presentes à sua despedida, ao lado de Gerard Piqué, Seri Roberto e Sergio Busquets. O argentino foi lembrado no discurso final do uruguaio. “Fico com as coisas lindas. Que meus filhos tenham me visto marcar gols, levantar troféus e jogar ao lado melhor jogador da história”. Suárez deixa o Camp Nou com 13 títulos disputados, incluindo uma Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes e quatro ligas espanholas.

    Continua após a publicidade

    O artilheiro ainda lamentou que tenham “inventado coisas” em relação a seu futuro e, ao lado do presidente Josep Maria Bartomeu, sorriu ao despistar sobre possíveis mágoas. “Hoje é minha despedida. Não vou dar esse gosto a ninguém. Vou sair como o grande jogador que fui no Barcelona”. O clube catalão informou que o Atlético de Madri pagou 6 milhões de euros de bônus (equivalente a quase 40 mi de reais) para contratar o uruguaio, que o espanhol substituirá Álvaro Morata, emprestado para a Juventus.

    Suárez posado com todos os troféus que ganhou em sua passagem pelo Barcelona – Reprodução/Instagram

     

    UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

    Continua após a publicidade
    Publicidade