Clique e assine com até 92% de desconto

A atuação magistral de Neymar em Paris

A estreia no Parque dos Príncipes não poderia ter sido melhor para o brasileiro, que fez dois gols, assistências e protagonizou um show contra o Toulouse

Por Da redação Atualizado em 20 ago 2017, 21h47 - Publicado em 20 ago 2017, 19h38

Se havia alguma dúvida de que Neymar se transferiu do Barcelona para o Paris Saint-Germain na busca pelo protagonismo do futebol mundial, o atacante conseguiu deixar isso ainda mais claro neste domingo, comandando o PSG na goleada por 6 a 2 sobre o Toulouse, na sua estreia dentro do Parque dos Príncipes, na capital francesa. O atacante de 25 anos, em seu segundo jogo, teve atuação magistral, com direito a dribles, dois gols, duas assistências e um pênalti sofrido. Confira os principais lances do jogador na partida deste final de semana:

  • O primeiro gol em Paris

    Neymar entrou na área pelo lado esquerdo, chamou os marcadores e tocou para o meio-campista francês Rabiot chutar cruzado. O goleiro Lafont espalmou e a bola caiu no justamente no pé do atacante brasileiro, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

    O golaço

    Para fazer seu terceiro gol com a camisa do PSG e o sexto da vitória, Neymar passou por pelo menos cinco adversários. Driblou, ganhou na dividida e chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro.

    Assistência para Rabiot

    O gol da virada na goleada contra o Toulouse saiu em nova jogada de Neymar, que participou do começo do lance, tabelando com Rabiot. O meio-campista francês ficou livre com o passe e chutou forte e rasteiro, sem chances para Lafont.

    Assistência em cobrança de escanteio rasante

    O brasileiro tirou da cartola uma cobrança de escanteio, no mínimo, inusitada aos 38 do segundo tempo. Cobrando forte e rasante, ele achou o lateral francês Kurzawa, que marcou um golaço de voleio.

    Pênalti sofrido

    O terceiro gol da partida foi marcado por Cavani em uma cobrança de pênalti, sofrido por Neymar.

    A carretilha

    Sobrou espaço até para um de seus dribles mais característicos e que já causaram controvérsia quando o craque atuava no Barcelona.

    Continua após a publicidade
    Publicidade