Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Secretarias

downloaded_image20150327-24988-1o3vm9i.jpeg
08m27s
play_circle_outline
Brasil

Goela abaixo: enfim, saiu a minirreforma ministerial

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 16h02 - Publicado em 27 mar 2015, 20h25
A presidente nomeou Edinho Silva para assumir a Secretaria de Comunicação Social da Presidência. Escolha atende demanda do PT, que vai controlar verba milionária de publicidade. No Turismo, Henrique Eduardo Alves deve ser nomeado não pelo que já fez, mas pelo que não fez. Já na Educação, pode ser que Dilma tenha dado uma bola dentro. Na lista da Lava Jato, novos integrantes. País se livra por pouco da retração. E, como não poderia deixar de ser, presidente do Banco Central reconhece que tudo vai mal. Acompanhe as principais notícias desta noite com a equipe de reportagem de VEJA.
alx_brasil-20150327-82_original.jpeg
Política

Dilma entrega Comunicação da Presidência ao PT

Por Marcela Mattos e Gabriel Castro, de Brasília - 27 mar 2015, 13h17
Após a saída de Thomas Traumann, presidente indicou nesta sexta o tesoureiro de sua campanha, Edinho Silva, para o ministério. Escolha atende demanda do PT, que vai controlar verba de publicidade do governo
downloaded_image20150325-16045-3bl9hz.jpeg
19m24s
play_circle_outline
Brasil

Governo perdeu a batalha da comunicação para os fatos

Por Da Redação - Atualizado em 19 set 2016, 11h28 - Publicado em 25 mar 2015, 21h02
O colunista de VEJA Augusto Nunes comenta com Joice Hasselmann a demissão de Thomas Traumann, ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência. "As manifestações mostram que o governo está à beira do penhasco", afirma Augusto. "E, ainda assim, eles parecem não entender nada do recado das ruas." Acompanhe a conversa.
Thomas Traumann não é mais ministro da Comunicação Social. Oficialmente, pediu demissão. Na verdade, foi demitido. Saiu citando Paulinho da Viola: “Vou imprimir novos rumos/ ao barco agitado que foi minha vida./ Fiz minhas velas ao mar,/ disse adeus sem chorar/ e estou de partida./ Todos os anos vividos/ são portos perdidos que eu deixo […]
downloaded_image20150325-26561-rilfk1.jpeg
03m42s
play_circle_outline
Brasil

A demissão de Traumann e os tentáculos de Lula

Por Da Redação - Atualizado em 19 set 2016, 11h28 - Publicado em 25 mar 2015, 18h16
O ex-presidente articula a criação de um superministério que una as concessões públicas e o dinheiro da comunicação e das campanhas publicitárias. A saída de Thomas Traumann da Secretaria de Comunicação Social, coincidência ou não, pode abrir caminho para os planos de Lula, que anda de maus bofes com Dilma. Entenda.
alx_thomas-traumann-ale_original.jpeg
Política

Ministro da Comunicação Social pede demissão

Por Gabriel Castro, de Brasília - 25 mar 2015, 16h32
Thomas Traumann deixa o posto após a divulgação de um documento interno que admitia o 'caos político' e sugeria o uso de robôs nas redes sociais
As cinco páginas produzidas pela Secretaria, com diagnóstico de 'caos político' e perda de contato do governo e do PT com as massas, expõem os nós da relação entre comunicação e política
“Um perigo a menos na Amazônia: o sotaque perdido na selva vai embora”, resumiu o título do post de junho de 2009 que saudou a partida para os Estados Unidos de Roberto Mangabeira Unger, a estranha figura que chefiava, com status de ministro, a Secretaria de Assuntos Estratégicos. Cinco anos e meio depois, sempre inexplicavelmente, […]
Publicado na coluna de Carlos Brickmann A presidente da Petrobras, Graça Foster, disse que a empresa perdeu US$ 530 milhões com a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, EUA. “Definitivamente não foi um bom negócio”. O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, acha que foi um bom negócio e que a refinaria de Pasadena […]
Publicado no Estadão deste sábado ROLF KUNTZ O governo gastou demais, desperdiçou bilhões com incentivos errados, ajeitou as contas com receitas extraordinárias e chega a fevereiro sem meta fiscal e com perspectiva de mais um ano de baixo crescimento, inflação alta e resultado pífio no setor externo. Mas a presidente mostra-se muito menos preocupada com […]
“Não gosto dela. A Helena foi pro pau! Beleza”. André Vargas, vice-presidente da Câmara dos Deputados, sobre Helena Chagas, que deixará a Secretaria de Comunicação Social da Presidência na reforma ministerial, mostrando que o afeto entre os companheiros é infinito enquanto dura.
Por Luíza Damé, no Globo: A presidente Dilma Rousseff deu início à reforma ministerial que consolidará o apoio partidário ao projeto da reeleição, mas, por enquanto, mexeu apenas em postos do PT, deixando em aberto a substituição dos ministros dos partidos aliados que disputarão as eleições. Foram oficializadas nesta quinta-feira mudanças na Casa Civil, na […]
“Inclusive os jornais falam do apoio que eu dei para uma entidade. Nessas coisas você tem de um lado que confiar na boa vontade e na generosidade e na boa intenção das pessoas. Até porque a imensa maioria das entidades no país são entidades que organizam a generosidade, são entidades que fazem o bem”. Gilberto […]
“Numa tentativa de coerção para que eu renunciasse ao meu cargo de vice-governador, por ter assumido a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, estão atropelando a Constituição brasileira, a Constituição paulista e o próprio STF”. Guilherme Afif Domingos, acusando de coação Samuel Moreira, presidente da Assembleia de São Paulo, por ter pedido a perda do seu […]
Em 20 de maio, no comício em Pernambuco que precedeu o primeiro banho de mar do navio petroleiro Zumbi dos Palmares, a presidente da República abriu uma clareira na floresta de menções amalucadas ao personagem que batizou a embarcação, frases sem pé nem cabeça sobre a seca do Nordeste e meia dúzia de pitos na […]
“A Comissão Geral de Ética, como órgão subordinado ao governador do Estado, não tem competência para julgar o governador ou o vice-governador”. Guilherme Afif, vice-governador de São Paulo e ministro da secretaria da Micro e Pequena Empresa, sobre a decisão da comissão paulista que constatou a “inconveniência e impossibilidade” do acúmulo de cargos, avisando que não […]
“No cargo público para o qual fui eleito e no cargo de ministro eu trabalho para o Brasil e não para a conveniência de uns poucos”. Guilherme Afif Domingos, vice-governador de São Paulo eleito por Geraldo Alckmin e ministro da Micro e Pequena Empresa eleito por Dilma Rousseff, revelando que seu atual codinome é “Brasil”.
“Houve uma posição técnica da Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos sobre a segurança da caxirola. Do ponto de vista de segurança pública, viu-se que a caxirola não é adequada. Essa posição vai ser mantida e foi encaminhada à organização da Copa” José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, implodindo de vez o sonho de […]
“São falsas as especulações de mudanças na direção da Caixa Econômica Federal. A diretoria é formada por técnicos íntegros e comprometidos com as diretrizes da CEF, com seus clientes e com os beneficiários de programas tão importantes para o Brasil como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida”. Dilma Rousseff, disfarçada de nota […]
Publicidade