Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Xi Jinping oferece apoio a vítimas do atentado em Boston

Lu Lingzi morreu nas explosões. A amiga Zhou Danling foi gravemente ferida

Na cerimônia em homenagem às vítimas do atentado em Boston, nesta quinta-feira, o presidente Barack Obama mencionou a estudante chinesa Lu Lingzi, de 23 anos, que foi estudar na Universidade de Boston “para poder experimentar tudo o que esta cidade tem a oferecer”.

Lingzi estava muito entusiasmada com seu primeiro ano de estudos na Universidade de Boston, conta a amiga Lu Zhang. Na última segunda-feira, Lingzi foi acompanhar a Maratona de Boston com outras duas amigas. Uma delas saiu ilesa, a outra, Zhou Danling, se recupera de ferimentos no hospital. Lingzi foi uma das três vítimas fatais das explosões.

“Ela amava isso aqui. Estava realmente trabalhando duro e envolvida em tudo. Ela era muito doce”, lembrou a amiga, em entrevista ao jornal The New York Times.

O nome de Lu Lingzi só foi divulgado oficialmente pela universidade nesta quarta. A primeira vez que a chinesa passou uma temporada nos Estados Unidos foi em intercâmbio estudantil na Califórnia, alguns anos atrás. Em Boston, a estudante de mestrado em matemática e estatística já tinha até um cachorro, um chihuahua chamado Jing Jing.

Ao saber da morte da estudante, muitos chineses lamentaram por meio das redes sociais. A última foto postada pela jovem, mostrando seu café da manhã “maravilhoso”, recebeu milhares de comentários nos últimos dias.

Governo chinês – O presidente da China, Xi Jinping, também enviou condolências à família da estudante morta no atentado. E também instruiu o premiê da China, a embaixada chinesa em Washington e o consulado geral da China em Nova York a prestar todo o apoio necessário à família de Lingzi e também de Zhou Danling. A embaixada americana na China concedeu vistos de emergência a familiares das estudantes para que possam viajar a Boston.

As outras duas vítimas do atentado foram Krystle Campbell, de 29 anos, e o garoto Martin Richard, de oito anos.