Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Washington entra em alerta para atos pró-Trump

Trumpistas estão na capital americana em apoio aos que invadiram o Capitólio, em janeiro

Por Ernesto Neves Atualizado em 18 set 2021, 16h54 - Publicado em 18 set 2021, 16h31

Policiais cercaram os arredores do Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, neste sábado (18), em Washington, para receber apoiadores do ex-presidente Donald Trump.

Os trumpistas vieram à capital americana prestar apoio aos manifestantes que invadiram o Congresso, em 6 de janeiro.

Além de colocar 100 agentes da Guarda Nacional de prontidão, as autoridades ergueram uma cerca de 2,5 metros de altura para proteger o edifício.

Também foram erguidos postos de controle nos aeroportos da região como forma aumentar a checagem de segurança dos que se dirigem ao ato.

Ato trumpista ocupa região central de Washington
Ato trumpista ocupa região central de Washington Getty/Getty Images

Batizado como “Justiça para J6”, o ato tem como bandeira o que chama de “tratamento desumano” dado às dezenas de manifestantes que invadiram o Capitólio em 6 de janeiro.

Cerca de 600 pessoas permanecem presas aguardando julgamento, o que só deverá acontecer daqui a meses.

Os organizadores afirmam que o evento será pacífico. Mas o chefe de polícia do Capitólio, Thomas Manger, afirmou à imprensa na última sexta-feira (17) que já foram detectadas ameaças de violência por parte dos envolvidos. 

Os  manifestantes pró-Trump se reuniram na região da praça Union Square, e seguiram em caminhada rumo ao Capitólio.

Também houve um ato de americanos que são contrários ao ex-presidente, formado sobretudo por ativistas de esquerda. Os dois protestos ficaram a aproximadamente 1 quilômetro de distância um do outro.

Manifestantes pró-Trump reunidos em frente ao Capitólio neste sábado (18)
Manifestantes pró-Trump reunidos em frente ao Capitólio neste sábado (18) Getty/Getty Images
Continua após a publicidade
Publicidade