Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vizinho que ajudou sequestrada vira herói na internet

Charles Ramsey ligou para polícia e falou que mulher “estava em pânico”

Charles Ramsey, o vizinho que ajudou Amanda Berry a fugir do cativeiro onde era mantida há dez anos em Cleveland, no estado americano de Ohio, ganhou status de herói na internet depois de entrevistas concedidas a redes de TV e da divulgação do áudio de seu telefonema à polícia.

“Ei, cara. Saca só. Eu acabei de voltar do McDonald’s, certo? Então estou na minha varanda comendo meu lanchinho, certo? Aí essa mina está tentando quebrar a p#*%@ da porta da casa ao lado, então tem um monte de gente na rua agora e tal. Então a gente estava tipo ‘o que houve, qual o problema?’ e ela tipo ‘esse filho da p%#@ me sequestrou e sequestrou a minha filha’…Ela disse que o nome dela é Linda Berry ou uma m@#%& dessa. Entende o que eu quero dizer?”, disse um Ramsey nervoso ao atendente da polícia.

Leia também:

Leia também: Criança resgatada nos EUA é filha de sequestrador

Sequestro – Amanda Berry, sequestrada há dez anos, quando tinha apenas 16 anos de idade, encerrou o pesadelo dela e de outras duas mulheres, Gina DeJesus e Michele Knight, ao colocar o braço em um buraco na porta principal da casa que servia de cativeiro e pedir ajuda. Ramsey a ajudou a sair e ela ligou à polícia para pedir ajuda. Amanda saiu da casa com uma garota de 6 anos, que, segundo a polícia, é filha de um dos sequestradores.

Três irmãos foram detidos por envolvimento no sequestro das três mulheres. O chefe da polícia de Cleveland, Michael McGrath, disse em entrevista coletiva que Ariel Castro, de 52 anos, e seus dois irmãos, Pedro Castro, 54 anos, e Oneil Castro, 50 anos, estão sob custódia. As três mulheres foram levadas a um hospital e estão em boa condição de saúde.