Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Virtual presidente eleito do México diz que buscará aliança com o Brasil

Santiago (Chile), 4 jul (EFE).- O presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto, afirmou que seu governo intensificará os esforços na América do Sul para mudar a imagem deteriorada de seu país e que, nesse contexto, buscará uma aliança estratégica com o Brasil.

Em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal chileno ‘La Segunda’, Peña Nieto afirmou que ‘não resta dúvida de que a imagem do México no mundo se deteriorou nos últimos anos, e a decolagem de países como o Brasil contrastou com a estagnação do México’.

‘Buscaremos desenvolver uma verdadeira aliança estratégica com o Brasil para aprofundar nossa relação em todos os âmbitos’, ressaltou o candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), que no último domingo triunfou nas eleições presidenciais com 38,96% dos votos.

Peña Nieto explicou que para recuperar a liderança de seu país na região aumentará os esforços através da ‘interlocução efetiva, privilegiando foros de alcance continental e, inclusive, mecanismos subregionais que aprofundem os vínculos com países vizinhos, como a Aliança do Pacífico’.

Por outro lado, e com relação à saída de Fernando Lugo do poder no Paraguai, o presidente eleito do México sustentou que apesar de o impeachment ser um procedimento que está previsto na constituição local, ‘existe um consenso na região sobre o fato de que a destituição do presidente Lugo não observou o devido processo’.

Segundo Peña Nieto, a política externa do México baseia-se nos princípios básicos da reciprocidade e igualdade entre estados, assim como na não-intervenção.

‘Nesse sentido, manteremos o excelente nível de entendimento e de amizade que existem entre nossas nações irmãs’, concluiu. EFE