Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vídeo de presos sendo torturados causa protestos na Geórgia

Após a reprodução das imagens, a população da capital, Tbilisi, saiu às ruas para se manifestar assim como ocorreu em outras cidades

Por Da Redação 19 set 2012, 16h50

Um vídeo que mostra a tortura de presos em um presídio na Geórgia foi o estopim de uma série de protestos no país a menos de duas semanas das eleições parlamentares. As imagens, que também mostram agressão aos detentos, foram exibidas em rede nacional. As cenas foram gravadas pelo carcereiro Vladimir Budkidze, que está refugiado na Bélgica.

A ministra da Justiça e Sistema Carcerário, Khatuna Kalmakhelidze, renunciou ao cargo nesta quarta-feira. A população pediu a deposição do primeiro-ministro, Bachán Ajalaia.

Saiba mais:

Mais de 100 mil protestam na Geórgia contra presidente

Assista ao vídeo que causou a onda de protestos na Geórgia:

Pressionado pela população, o presidente Mikhail Saakashvili, disse, em mensagem transmitida ainda durante a madrugada, estar ‘indignado e emocionado’. O político também prometeu castigar severamente os responsáveis pelos abusos. Até o momento, pelo menos dez pessoas foram presas.

Continua após a publicidade

“É preciso tolerância zero para as violações dos direitos humanos. Queremos construir um país civilizado e humano e não uma disciplina baseada na violência”, disse o presidente.

Histórico – Saakashvili, que assumiu o poder após um episódio conhecido como ‘Revolução Rosa’, em 2004, liderou uma guerra contra a corrupção no país, uma política que, segundo grande parte da população, se tornou extremamente autoritária com o passar dos anos.

Leia também:

Anistia Internacional confirma tortura de presos na Síria

Continua após a publicidade
Publicidade