Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-presidente fugitivo do Iraque está na Turquia e Interpol emite alerta

Ancara, 8 mai (EFE).- O fugitivo vice-presidente sunita do Iraque, Tareq al Hashemi, se encontra em uma casa em Istambul, afirmou a imprensa turca, após confirmar que as autoridades do país receberam a ordem internacional de captura e entrega do político iraquiano, emitida pela Interpol nesta terça-feira.

Em sua edição digital, o jornal ‘Hurriyet’ afirma, citando a agência privada ‘Dogan’, que em torno da casa onde Hashemi mora, situada na parte europeia de Istambul, há policiais uniformizados e agentes à paisana.

A organização policial internacional Interpol lançou um ‘alerta vermelho’ para a detenção e entrega de Hashemi a pedido das autoridades iraquianas, que o acusam de envolvimento na ‘direção e financiamento de ataques terroristas’.

As autoridades turcas não fizeram até o momento nenhum comentário oficial sobre o ‘alerta vermelho’ da Interpol. Segundo a organização, este alerta significa que seus 190 países-membros devem procurar o vice-presidente e tentar detê-lo.

O ‘Hurriyet’ lembra que Hashemi fugiu inicialmente de Bagdá ao norte do Iraque, e no mês passado fez uma visita oficial ao Catar, de onde se transferiu à Arábia Saudita, e desde o dia 9 de abril ele se encontra na Turquia.

Segundo o jornal ‘Milliyet’, que no dia 16 de abril publicou uma entrevista exclusiva com o vice-presidente iraquiano, ele se encontra ‘em Istambul como hóspede do Governo turco sob extremas medidas de segurança’, e foi recebido pelo primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan.

‘Milliyet’ afirmou que o vice-presidente iraquiano goza de proteção política na Turquia há muito tempo e permaneceria no país ‘tanto quanto fosse necessário’.

A agência ‘Dogan’ afirmou nesta terça-feira que Hashemi estava em sua casa em Estambul seguindo os eventos e disposto a fazer uma declaração caso considere necessário. EFE