Clique e assine a partir de 9,90/mês

Venezuelanos batem panelas em protesto contra falta de alimentos

Desde abril, manifestantes vão às ruas diariamente contra o governo de Nicolás Maduro. Pelo menos 64 pessoas foram mortas desde que os protestos começaram.

Por Da Redação - 3 jun 2017, 16h36

Batendo panelas vazias e portando faixas com dizeres como “apenas o governo engorda”, ativistas venezuelanos protestaram em Caracas neste sábado contra falta de alimentos na Venezuela. A marcha, que reuniu centenas de pessoas, foi dispersada por forças de segurança locais com bombas de gás lacrimogêneo.

Nos últimos dois meses, o presidente Nicolás Maduro enfrenta protestos diários. Os ativistas pedem eleições presidenciais antecipadas, liberdade para presos políticos e a permissão para que entidades de ajuda humanitária possam entrar no país com alimentos e medicamentos.

O controle monetário que prejudica as importações e a produção local, esvaziou os mercados. Cerca de 93 por cento dos venezuelanos não tem dinheiro para comprar alimentos suficientes e 73 por cento perderam peso no ano passado, de acordo com um estudo realizado por três universidades locais.

 

Continua após a publicidade

Pelo menos 64 pessoas foram mortas desde que os protestos começaram, no início de abril.

 

Continua após a publicidade

(Com Reuters)

 

Continua após a publicidade
Publicidade