Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venezuela critica comentário de Zoellick de que Chávez tem “os dias contados”

O ministro venezuelano de Informação, Andrés Izarra, criticou nesta sexta-feira o fato de o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, ter comentado que “os dias do presidente Hugo Chávez estão contados”, e o acusou de ser “instrumento de um sistema que está acabando com a humanidade”.

“O Banco Mundial e, em especial, o senhor Zoellick são instrumentos de um sistema que está acabando com a humanidade”, afirmou à AFP.

“É o capitalismo depredador promovido pelo Banco Mundial que está com os dias. Chávez e sua proposta é libertadora e promotora da paz no mundo”, insistiu Izarra.

Durante um discurso no centro de análises Diálogo Interamericano, Zoellick assinalou que “os dias de Chávez estão contados” e advertiu que “seus subsídios a Cuba e Nicarágua forem cortados, estes região terão problemas”.

Chávez, que se recupera de um tratamento de radioterapia contra um câncer cuja natureza e gravidade não são conhecidas oficialmente, aspira um terceiro mandato de seis anos nas eleições de 7 de outubro.