Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Vaticano desmente rumores de que o Papa pretende deixar o cargo aos 85 anos

Por Odd Andersen 25 set 2011, 13h25

O Vaticano comentou neste domingo os boatos levantados por um jornal italiano, segundo os quais o Papa Bento XVI pretenderia deixar o cargo quando fizesse 85 anos, em abril do ano que vem.

“O Papa está bem. Está fazendo uma viagem muito intensa e, do ponto de vista da saúde, esta viagem é um verdadeiro êxito”, declarou à imprensa o padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano.

Pela manhã, o jornal conservador Libero afirmou que Joseph Ratzinger “teme não poder assumir o peso de sua carga”. “Ele pensa em demitir-se em abril, mas tem que aguentar”, afirmou o jornal milanês, que não fornece fontes ou dá detalhes, dizendo apenas tratar-se de um boato que “circula nos escritórios mais importantes do Vaticano”.

O padre Lombardi indicou não ter conhecimento dessa informação.

“O que todos sabemos é que o Papa escreveu em seu livro ‘Luz do mundo’. Não tenho mais informações”, acrescentou.

Nesse livro de entrevistas publicado em 2010, Bento XVI disse que um Papa tem “o direito, segundo as circunstâncias, o dever de retirar-se se perder suas forças físicas, psicológicas e espirituais”.

Continua após a publicidade
Publicidade