Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Unicef alerta que 10 milhões de crianças podem passar fome no Afeganistão

ONU afirma que 1 milhão de crianças do país estão desnutridas

Por Ernesto Neves Atualizado em 25 ago 2021, 12h11 - Publicado em 25 ago 2021, 11h43

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) alertou nesta quarta-feira, 25, que ao menos 10 milhões de crianças do Afeganistão precisam de ajuda humanitária urgentemente.

De acordo com a entidade, representantes da ONU tentam enviar cerca de 200 milhões de dólares em ajuda para a compra de alimentos no país. 

Estima-se que aproximadamente um milhão sofrerão de desnutrição grave, com risco de vida, até o fim de 2021. 

Ainda segundo o UNICEF, praticamente todos os jovens do Afeganistão já sobrevivem com assistência humanitária. 

Diretor do programa alimentar para o país, David Beasley afirmou à rede de notícias Al-Jazeera que 14 milhões de pessoas, um terço da população afegã, enfrentam insegurança alimentar.

A situação vem sendo agravada por uma sobreposição de crises, que incluem vários anos de seca, conflitos e deterioração econômica. 

Desde a tomada do poder pelo Talibã, no último dia 14, o Banco Mundial suspendeu a ajuda ao Afeganistão, congelando centenas de milhões em financiamento.

Desde 2002, a entidade foi responsável pelo envio 5,3 bilhões de dólares com fins humanitários. Na semana passada, o FMI também bloqueou a entrega de pagamentos ao governo afegão.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade