Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

UE apoia envio de força de paz da ONU e da Liga Árabe à Síria

Por Da Redação 13 fev 2012, 10h01

Bruxelas, 13 fev (EFE).- A União Europeia (UE) disse nesta segunda-feira que apoia a proposta da Liga Árabe de enviar uma força de paz conjunta com a ONU à Síria para tentar pôr fim à violência no país.

‘Damos boas-vindas às contundentes decisões, ao compromisso e à liderança que a Liga Árabe está assumindo para resolver a crise na Síria’, afirmou o porta-voz comunitário de diplomacia, Michael Mann.

O funcionário lembrou que ‘o primeiro objetivo da UE é o fim imediato dos assassinatos’. Por isso, o bloco apoia ‘qualquer iniciativa que possa ajudar a conseguir este objetivo, incluída uma maior presença árabe na região ao lado da ONU’.

‘Estamos em contato permanente com o secretário-geral da Liga Árabe e com as Nações Unidas para discutir como realizar isto o mais rápido possível’, afirmou.

O apoio à proposta da organização mantém a linha seguida pela UE desde o início do conflito, que sempre apoiou os esforços da Liga Árabe para deter a violência na Síria.

Continua após a publicidade

Os países árabes concordaram neste domingo em pedir ao Conselho de Segurança da ONU a formação de uma força de paz conjunta que comprove o cessar-fogo na Síria. A iniciativa foi rejeitada imediatamente pelo regime de Damasco.

Mann disse ainda que os membros da UE devem atuar de forma ‘responsável neste momento crucial’. A Rússia e a China vetaram as propostas de condenação do regime sírio no Conselho de Segurança da ONU.

A UE trabalhará também para apoiar o grupo internacional ‘Amigos da Síria’, que se reunirá pela primeira vez em 24 de fevereiro, na Tunísia, com a presença da chefe da diplomacia comunitária, Catherine Ashton.

Além disso, a UE está elaborando uma nova rodada de sanções contra Damasco, entre elas um veto parcial às transações com o Banco Central sírio.

O objetivo é que estas medidas sejam aprovadas na próxima reunião de ministros das Relações Exteriores do bloco, em 27 de fevereiro. EFE

mvs/dk

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês