Clique e assine com até 92% de desconto

Tymoshenko irá boicotar processo de apelação ‘vergonhoso’

Por Sergei Supinsky 22 dez 2011, 07h48

A opositora e ex-primeira-ministra ucraniana Yulia Timoshenko, condenada a sete anos de prisão por abuso de poder, anunciou nesta quinta-feira que ela e seus advogados irão boicotar o julgamento de apelação “vergonhoso” contra sua sentença.

“Assistindo de trás das grades o show de horrores que este processo se tornou, decidi me abster de qualquer participação neste processo vergonhoso”, afirmou em um comunicado, acrescentando que não apelará mais à Suprema Corte.

Publicidade