Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TV estatal mostra vídeo de suposto espião da CIA detido no Irã

Teerã, 18 dez (EFE).- Um homem, que afirmou que era agente da CIA e foi detido e identificado como Amir Mirzaei Hekmati, foi mostrado neste domingo em um vídeo transmitido pelo canal oficial iraniano ‘IRIB’.

O homem, supostamente americano de origem iraniana, disse que em 2001, após terminar o ensino médio, entrou nas Forças Armadas dos Estados Unidos, onde obteve treinamento militar e de inteligência e aprendeu idiomas, especialmente o árabe e o persa.

Para sua atual missão, o suposto espião afirmou que tinha recebido treinamento especial para se infiltrar nas agências de inteligência iranianas e que anteriormente havia trabalhado para os serviços secretos militares dos EUA no Iraque e no Afeganistão.

No sábado, o Ministério de Inteligência iraniano anunciou que havia detido um suposto espião da CIA, em uma nota na qual apontava que sua captura aconteceu ‘tão logo se iniciou sua missão de espionagem dentro do Irã’, sem especificar quando.

Segundo as autoridades de Teerã, o preso, que pretendia se infiltrar nos serviços de inteligência do país, era de origem iraniana, tinha trabalhado para os serviços de inteligência militares dos EUA no Afeganistão e no Iraque e havia realizado cursos de formação avançados para a missão para a qual tinha sido incumbido no Irã.

A nota afirmava que os EUA tinham preparado ‘uma complexa trama’ para infiltrá-lo no aparelho de inteligência do Irã e que a CIA organizou a parte operacional do plano com esta missão.

O detido, segundo a fonte, tinha sido identificado pelos serviços de inteligência iranianos na base de Bagram, que os Estados Unidos mantêm no Afeganistão, nos arredores de Cabul. EFE